Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
18 de Outubro 2022

Marketplaces B2C: novos clientes à distância de um clique

Artigo AICEP

A presença em marketplaces B2C permite que, em poucos minutos, alguém que não conhecia a sua marca se transforme num cliente. Sendo plataformas que têm como destinatários os consumidores finais, e atendendo a que muitos destes marketplaces já operam a nível global, é simples perceber o impacto que podem ter na sua empresa.

Ainda assim, e justamente pela sua dimensão e reputação, devem ser encarados como uma boa oportunidade que traz também maior responsabilidade. A presença em marketplaces B2C como a Amazon, Aliexpress, CDISCOUNT, Tmall Global, Allegro ou o eBay permite um alcance global. 

O crescimento do e-commerce não deixa muita margem para dúvidas: a presença num marketplace B2C, seja como complemento ou em alternativa a uma loja online própria, é algo que deve considerar, sobretudo se quer alcançar mercados internacionais

O que são e como funcionam os marketplaces B2C?

O marketplace B2C é, no fundo, o intermediário entre as empresas e os seus potenciais clientes. Funciona como uma montra online onde as empresas exibem os seus produtos. Os consumidores interessados nessa categoria de artigos podem encontrá-los através de pesquisas, anúncios ou até da promoção feita pelo próprio marketplace.

Todo o processo de compra é feito online e é o marketplace que define o modelo de gestão logística: este pode ficar a cargo da própria plataforma, da empresa ou de ambos.

Importa também saber que a presença num marketplace implica o pagamento de uma comissão à plataforma, existindo também vários níveis de vendedores, que vão do básico a um nível mais premium. Por norma, os fees mais altos dão acesso a mais vantagens e funcionalidades, que podem ser úteis para que se distinga da concorrência.

Um dos grandes desafios dos marketplaces é justamente a competitividade, mas a verdade é que as próprias plataformas criam também condições para que se possa destacar. O segredo é mesmo saber como aproveitar essas vantagens. 

Usar imagens cuidadas e descrições de produtos com as palavras-chave adequadas, assegurar um bom serviço ao cliente e usufruir dos dados analíticos disponibilizados por algumas plataformas para conhecer o consumidor e traçar as estratégias de vendas mais assertivas, são algumas das possibilidades para tirar o melhor partido da presença em marketplaces B2C. 

Quais as vantagens da presença num marketplace B2C?

O potencial alcance de um marketplace, que no caso das plataformas internacionais é ainda maior, é uma das vantagens mais óbvias. Através do e-commerce, a sua marca pode chegar a clientes e países a que dificilmente teria acesso de outra forma

Além do aumento da visibilidade da sua marca, poderá ter um conhecimento mais aprofundado dos seus clientes, criando ou adaptando as suas estratégias a esses perfis, que podem variar conforme o país, produto ou época do ano. Os relatórios, que incluem dados sobre clientes ou potenciais clientes, são fundamentais para uma empresa que está a chegar a novos mercados. 

Estar num marketplace será igualmente uma forma de perceber o que estão a fazer os seus concorrentes e se, em função disso, terá de alterar algo na sua política de preços ou de promoção.

A presença num marketplace, embora tenha custos, permite alcançar rapidamente novos consumidores, já que a sua empresa pode beneficiar da promoção que é feita pela própria plataforma. A gestão de fraude (como acontece com a Amazon), bem como a possibilidade de recorrer aos serviços de logística da plataforma constituem igualmente mais-valias.  

A notoriedade e a reputação da sua marca tendem a crescer se estiver presente num marketplace, já que este facto transmite uma confiança acrescida aos consumidores.  

O que deve ter em conta?

A presença num marketplace B2C, sobretudo se operar a nível extracomunitário, obriga a que sejam cumpridas regras diferentes a nível fiscal, alfandegário e até legal. 

Assim, e tal como acontece nas várias fases do processo de internacionalização, é importante ter acesso a informação relevante e atualizada e a aconselhamento adequado ao seu perfil de negócio.

A AICEP disponibiliza, na área reservada MY AICEP informação útil e detalhada sobre e-commerce, internacionalização e mercados. Registe-se na nossa área de cliente para prepararmos o seu projeto de internacionalização online.

Veja também:

7 dicas para vender num marketplace

Tipos de marketplaces e as suas propostas de valor

Como traçar um plano de ação para a internacionalização

 

Notícias AICEP

Academia AICEP: formar para a internacionalização

AICEP

Conheça os cursos e formações disponíveis na Academia AICEP.

Contributos para uma Política Pública de Marca Portugal

AICEP

Artigo sobre Marca Portugal na edição de novembro da Revista Portugalglobal.

Como vender no AliExpress: o que deve saber

AICEP

Saiba como aderir e quais as principais vantagens de vender no AliExpress.

Partilhe esta página

Campo Obrigatório