Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
05 de Março 2024
Como garantir a sustentabilidade no e-commerce?

Artigo AICEP

A sustentabilidade no comércio eletrónico é uma oportunidade estratégica para as empresas. Conheça algumas boas práticas.

Assegurar a sustentabilidade no e-commerce é um compromisso que as empresas devem assumir e que, em alguns casos, é já uma obrigação legal. As boas práticas nesta matéria atravessam todas as etapas do processo, desde a missão e valores da organização até à relação com os consumidores nos mercados de destino. 

A implementação de práticas sustentáveis é ainda mais relevante no comércio internacional, devido à pegada de carbono causada pelo transporte entre grandes distâncias. Conheça os desafios, estratégias e possíveis soluções para tornar os seus negócios mais verdes.

A importância global da sustentabilidade 

Embora as questões da sustentabilidade ocupem um lugar de relevo nas agendas de organizações como a ONU e União Europeia (UE), a implementação, nomeadamente no que respeita ao e-commerce, tem alguns desafios. 

Um deles é o facto de não existirem ainda critérios universais nesta matéria. Há, no entanto, um esforço de regulamentação e de uniformização, bem como de estabelecer metas que  permitam reduzir o impacto ambiental de diversas atividades. O Pacto Ecológico Europeu, que tem o objetivo de tornar a UE climaticamente neutra até 2050, é um exemplo.

Além das estratégias específicas para vários setores de atividade, que obrigam a boas práticas sociais e ambientais por parte das empresas, a União Europeia está também a reforçar as obrigações de reporte. A CRSD (Diretiva de Reporte de Sustentabilidade Corporativa) obriga as empresas a incluírem informações sobre sustentabilidade nos seus relatórios financeiros.

As certificações ISO e as  Diretrizes da OCDE para as empresas multinacionais são outros exemplos da importância que é dada, a nível global, às questões da responsabilidade social empresarial.

Vantagens de incluir a sustentabilidade na estratégia e missão

Alinhar as questões da sustentabilidade com a missão, valores e estratégia da empresa é uma forma de gerar valor não só para a própria empresa, mas também para colaboradores, fornecedores, clientes e para as comunidades onde se insere.

A implementação de uma estratégia ESG reforça a competitividade das empresas. Além de melhorar processos internos (aumentando assim o bem-estar dos colaboradores e a produtividade e reduzindo custos), contribui para uma reputação positiva junto dos stakeholders.

Algumas empresas e organizações só negoceiam com empresas que tenham uma estratégia ESG, o que atribui, a quem já a implementou, uma importante vantagem competitiva. 

Há ainda a considerar as questões relacionadas com o financiamento verde, que condiciona o acesso aos créditos e seguros a empresas que tenham estratégias comprovadas de sustentabilidade.

Por último, será vantajoso, para as próprias empresas, aproveitarem o potencial da economia circular, transição energética e bioeconomia.

Boas práticas de sustentabilidade no e-commerce

Perante as exigências legais e crescente interesse dos consumidores em produtos e empresas ambientalmente responsáveis, como garantir a sustentabilidade no e-commerce internacional?

Como assegurar que, apesar das distâncias e dos desafios para que o produto chegue em boas condições ao destinatário, o impacto no ambiente é reduzido?

Produtos

A sustentabilidade no e-commerce começa pelos produtos comercializados. As preocupações ambientais devem surgir ainda na fase de desenvolvimento, de forma a assegurar que são usadas matérias-primas amigas do ambiente (naturais, recicladas, recicláveis ou biodegradáveis) e, preferencialmente, de origem local.

Também é importante assegurar a durabilidade do produto. Quanto mais longo for o seu ciclo de vida, menor o impacto ambiental quando tiver de ser descartado ou substituído por outro. 

Embalagem

A questão das embalagens é um dos desafios do e-commerce internacional. Se, por um lado, há que garantir que os produtos chegam em perfeitas condições aos seus destinatários, por outro lado é importante assegurar que não há exagero na quantidade ou no tamanho das embalagens.

Evitar o sobre-embalamento – por exemplo, caixas dentro de caixas ou plástico dentro de embalagens de cartão – é uma das formas de poupar o ambiente e de evitar custos desnecessários em embalagens, envios e transportes.

A utilização de papel reciclado, plástico biodegradável ou materiais como o bambu não compromete a integridade dos artigos e reduz o impacto ambiental. 

Logística

O armazenamento e transporte dos produtos tem um papel muito importante na sustentabilidade, já que as deslocações podem ter um forte impacto ambiental. Embora existam aspetos que estão fora do controlo das empresas – como a distância em relação aos mercados internacionais – há outros em que é possível adotar práticas mais ecológicas.

Escolher parceiros de logística que usem energias renováveis e veículos menos poluentes é uma forma de garantir que a pegada de carbono vai ser menor.

Otimizar os envios, de forma a reduzir as deslocações e o espaço ocupado pelas encomendas – reduzindo o tamanho das embalagens – é outra forma de promover a sustentabilidade na logística.

Relacionamento com clientes

Incentivar, junto dos seus clientes, as boas práticas ambientais, é um contributo importante para a sustentabilidade no e-commerce. Pode fazê-lo através de mensagens colocadas nas embalagens e que apelem à reutilização e reciclagem ou promovendo a doação dos artigos quando o consumidor já não os usar. 

Se quer fazer a diferença no país de destino e envolver a comunidade local nas questões da sustentabilidade é possível promover, em conjunto com uma associação local, uma campanha em que seja plantada uma árvore por cada x artigos vendidos ou que ofereça vales de desconto a quem participar numa ação de limpeza de praias ou rios.

Uma boa descrição dos produtos – usando também vídeos e imagens de qualidade –  e a disponibilização de um guia de tamanhos são duas formas de diminuir o volume de devoluções e trocas e o seu impacto ambiental. 

Práticas internas 

A sustentabilidade no e-commerce começa na empresa, utilizando processos ambientalmente responsáveis e envolvendo os colaboradores num esforço de poupança de recursos e de combate ao desperdício.

Poupar água, reciclar e reaproveitar materiais e matérias-primas, escolher opções de iluminação, aquecimento e arrefecimento que consumam menos energia, separar os resíduos e respeitar as normas ambientais obrigatórias para o seu setor de atividade são boas práticas que devem ser respeitadas e incutidas em todo a equipa.

Comunicação e marketing verde

Comunicar as boas práticas e as preocupações ambientais da sua empresa ajuda a construir uma boa reputação junto de clientes e outros parceiros.

Embora a responsabilidade ambiental seja um fator de diferenciação e de criação de valor, é importante garantir que o comportamento da empresa está alinhado com o que é comunicado. Caso contrário, a reputação da marca pode ser abalada por acusações de greenwashing com consequências negativas.

As certificações ambientais são outra forma de conquistar a confiança dos clientes e de se destacar no mercado global.

A sustentabilidade é apenas um dos desafios do e-commerce internacional, mas será, certamente, um dos mais importantes para o sucesso da sua empresa em novos mercados. A AICEP tem as ferramentas e o know-how para apoiar este esforço. Faça o registo na área reservada MY AICEP e aceda a informações úteis e aconselhamento personalizado.

 

Veja também:

A importância do marketing digital no e-commerce

Como ter sucesso no e-commerce cross-border?

Loja virtual ou marketplace? Prós e contras de cada solução

 

Notícias AICEP
Como maximizar as vendas online internacionais com o Chat GPT?

AICEP

Usar o Chat GPT no e-commerce pode ajudar a alavancar as suas vendas online. Saiba como.

Incoterms®2020: qual a sua importância na exportação?

AICEP

Os Incoterms®2020 dão segurança jurídica à sua atividade exportadora. Saiba como.

Reputação online: sabe o que dizem os seus clientes?

AICEP

Uma boa reputação online transmite segurança e confiança aos consumidores.

Partilhe esta página

Campo Obrigatório