Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
19 de Março 2024
Marketplace Etsy: uma oportunidade para vender criatividade

Artigo AICEP

O comércio eletrónico é uma oportunidade para internacionalizar o seu negócio. Saiba como funciona e como vender no marketplace Etsy.

O marketplace Etsy foca-se em produtos exclusivos e criativos, que tanto podem ser artigos de uso diário como presentes para ocasiões especiais, como aniversários ou casamentos. A plataforma norte-americana destaca-se das outras pela aposta em itens feitos à mão por artesãos empreendedores e pela importância dada à sustentabilidade.

A Etsy, pelas suas características, torna-se numa opção para pequenas empresas que preferem a exclusividade à produção em massa e que têm como público-alvo pessoas que procuram algo diferente e único.

Como funciona o marketplace Etsy?

O marketplace Etsy distingue-se de outras plataformas pelos artigos que vende – e que vão de peças feitas à mão únicas a raridades vintage – mas também pela atenção dada à vertente humana no comércio.

O objetivo desta plataforma é ter um impacto positivo, ajudando empreendedores a transformar ideias em projetos, mas sempre com foco nas questões relacionadas com a estratégia ESG (Environmental, Social and Corporate Governance).

Com mais de sete milhões de vendedores e 90 milhões de compradores ativos em praticamente todos os países do mundo, o marketplace com sede em Brooklyn, Nova Iorque tem escritórios em Chicago, Dublin, Londres, Nova Deli e Cidade do México. Foi fundado em 2005 e, em 2022, foi a sétima aplicação com mais downloads na iOS App Store, o que demonstra um interesse crescente pela plataforma e pelo tipo de produtos que vende.

Além das categorias normais da maioria dos grandes marketplaces, como decoração, moda ou artigos de eletrónica, o marketplace Etsy tem ainda categorias diferenciadoras, como arte e colecionáveis, casamentos (convites, vestidos, decoração, joias e lembranças para convidados), presentes personalizados para aniversários e ocasiões especiais) e materiais para artesanato.

Quais as ferramentas do marketplace para vendedores?

Este marketplace oferece algumas ferramentas que procuram simplificar a gestão da loja e potenciar as vendas.

A aplicação Vender na Etsy é uma delas e permite que os vendedores possam gerir encomendas, editar anúncios e responder imediatamente a compradores através dos seus dispositivos móveis.

Disponibiliza também uma ferramenta para Redes Sociais que cria publicações para plataformas como Facebook, o Pinterest, X ou Instagram.

Já as ferramentas de marketing avançadas fornecem estatísticas pormenorizadas sobre o desempenho da sua loja. A análise destes dados é fundamental para conhecer as preferências dos consumidores, alterar e definir estratégias e, claro, aumentar as vendas. 

Os recursos de publicidade, como o Etsy Ads – que torna os seus anúncios mais visíveis na Pesquisa Etsy – e os Offsite Ads, em que a plataforma paga para publicitar os seus anúncios em sites como o Google, o Facebook, o Instagram, o Pinterest e o Bing – são outras vantagens para os vendedores deste marketplace.

A Etsy permite também que os vendedores criem promoções ou cupões para chamar a atenção dos compradores ou para ofertas direcionadas.

Entre os recursos oferecidos pelo marketplace Etsy estão ainda Assistência aos Vendedores, um Manual do Vendedor com as melhores práticas para o seu negócio e a newsletter Etsy Success, com dicas sobre a forma como pode melhorar a sua loja.

A possibilidade de receber avaliações dos compradores com fotos e vídeos dos seus artigos e de, através delas, melhorar a reputação da sua loja é outro recurso importante para quem vende nesta plataforma. 

Como vender no marketplace Etsy?

Para começar a vender é necessário criar uma conta Etsy, que será depois utilizada para gerir a loja e para fazer compras a outros vendedores. Nesta etapa tem de adicionar uma biografia e uma imagem de perfil.

Na primeira fase terá ainda de responder a algumas perguntas sobre a sua experiência comercial e selecionar o idioma, país e moeda para as vendas. Tem de escolher um nome para a sua loja – que não pode ser igual ao de outra já existente na plataforma – e configurar os dados de pagamento e faturação.

Seguem-se a configuração da loja - o que inclui a integração de uma faixa, logótipo, informação e mensagem de boas-vindas para os clientes - e a criação da montra e de anúncios. A escolha das imagens a usar é um fator determinante para ter sucesso neste marketplace, pelo que é importante garantir a sua qualidade.    

Ao configurar a sua loja também deve definir perfis de envio, isto é, informar os consumidores sobre os prazos e custos para o envio das encomendas. O marketplace Etsy disponibiliza um Guia com alguns conselhos para criar uma loja na Etsy e ainda um conjunto de FAQs sobre venda e gestão de loja.

Quais os custos de estar presente neste marketplace?

Estar presente no marketplace Etsy não implica despesas fixas, como subscrições mensais. Tal como é habitual nestas plataformas, o vendedor começa por criar uma loja online e carregar um catálogo de produtos, mas sem pagar qualquer comissão de adesão.

A plataforma cobra uma comissão por cada venda efetuada (pela transação e pelo processamento de pagamentos). Há ainda uma comissão adicional sempre que as vendas resultarem de anúncios pagos pela Etsy para publicidade fora do marketplace. Estes anúncios, os Offsite Ads, estão ativos durante quatro meses ou até que resultem em vendas.

Vender na Etsy implica, no entanto, o cumprimento de algumas regras. A principal é que os artigos feitos à mão devem ser produzidos pelo próprio vendedor ou por um parceiro identificado na loja. Ou seja, não é possível comprar a artesãos e depois revender no marketplace. A política para vendedores está disponível na página do marketplace.

A sua empresa foi feita para o e-commerce?

O marketplace Etsy é uma boa oportunidade para internacionalizar o seu pequeno negócio e dar a conhecer ao mundo os seus produtos, mas será que esta é a altura certa para avançar? Por onde começar?

Usufrua do apoio à internacionalização dado pela AICEP. A nossa sugestão é que comece por fazer um diagnóstico de e-commerce para avaliar se a sua empresa tem os requisitos necessários para avançar para o comércio eletrónico.

A consultoria especializada, a informação sobre mercados e o acesso a dados úteis e precisos na área reservada MY AICEP são vantagens para as empresas que pretendem levar a criatividade portuguesa além-fronteiras.

 

Veja também:

Social media marketplaces: como vender nas redes sociais

Como ter sucesso no e-commerce cross-border?

Logística e-commerce: importância e boas práticas

Notícias AICEP
Como maximizar as vendas online internacionais com o Chat GPT?

AICEP

Usar o Chat GPT no e-commerce pode ajudar a alavancar as suas vendas online. Saiba como.

Incoterms®2020: qual a sua importância na exportação?

AICEP

Os Incoterms®2020 dão segurança jurídica à sua atividade exportadora. Saiba como.

Reputação online: sabe o que dizem os seus clientes?

AICEP

Uma boa reputação online transmite segurança e confiança aos consumidores.

Partilhe esta página

Campo Obrigatório