Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
14 de Maio 2024
A importância da certificação ambiental para as empresas

Artigo AICEP

Artigo elaborado em novembro de 2023.

A obtenção de uma certificação ambiental é um fator de diferenciação para as empresas. Conheça diferentes tipos e exemplos de certificações ambientais.

A certificação ambiental é uma mais-valia para as empresas exportadoras, confirmando as preocupações ambientais e boas práticas relacionadas com a sustentabilidade. Este compromisso com o meio ambiente é uma forma de responsabilidade social valorizada por consumidores, fornecedores e parceiros no comércio internacional.

Existem vários tipos de certificações ambientais reconhecidas internacionalmente e que, por isso, são importantes para as empresas que pretendem expandir a sua atividade a novos mercados.

O que é a certificação ambiental?

A certificação ambiental atesta que a empresa cumpre os critérios e procedimentos necessários à obtenção dessa certificação. É emitida por uma entidade certificadora, após avaliar o cumprimento dos parâmetros estabelecidos.

É um ponto importante da estratégia ESG das empresas, garantindo ao mercado que os princípios e procedimentos preconizados nesta estratégia estão a ser postos em prática e que as normas definidas em termos ambientais estão a ser cumpridas. Ou seja, que determinada empresa exerce, de uma forma ativa, a sua responsabilidade social empresarial, respeitando o ambiente.

As certificações ambientais abrangem vários parâmetros, desde a gestão de resíduos, emissões de gases com efeito de estufa, respeito pela biodiversidade ou consumo de água.

Cada empresa deve determinar, no âmbito da sua área de atividade, dimensão e capacidade de execução, quais as certificações ambientais que considera essenciais. Esta escolha deve igualmente ter em conta o nível de maturidade da empresa em termos de sustentabilidade, de forma a que cumpra os critérios necessários para a obtenção da certificação.

Tipos de certificações ambientais

Existem três tipos principais de certificações ambientais: processo, produto/serviço e de empresa.

As certificações de processo, como por exemplo as certificações ISO, dizem respeito a procedimentos e operações realizados ao longo da cadeia de valor, para que sejam executadas boas práticas em termos ambientais.

Nas certificações de produtos e serviços, as organizações responsáveis pela certificação reconhecem que um determinado produto ou serviço cumpre as normas ambientais necessárias. Os produtos com certificação Rainforest Alliance Certified ou Ecolabel são exemplos deste reconhecimento.

Uma certificação da empresa, como o Sistema Comunitário de Ecogestão e Auditoria (EMAS), tem em conta o impacto ambiental da empresa como um todo.

6 exemplos de certificações ambientais

As certificações ambientais podem dizer respeito a produtos, serviços, organizações, procedimentos ou até a edifícios. Vamos conhecer algumas das certificações mais comuns.

Rótulo Ecológico (REUE)

O Rótulo Ecológico da União Europeia (REUE  ou EU Ecolabel) aplica-se a grupos de produtos que cumpram requisitos determinados com base em provas científicas.

Entre os critérios para a obtenção desta certificação ambiental estão, por exemplo, qualidade da água, proteção dos solos, consumo energético, produção de resíduos ou durabilidade e reutilização dos produtos. 

Em Portugal, a atribuição da licença de utilização deste rótulo compete à Direção-Geral das Atividades Económicas (DGAE).

Sistema Comunitário de Ecogestão e Auditoria (EMAS)

O EMAS destina-se a organizações que queiram melhorar o seu desempenho ambiental, assegurando mais transparência na prestação de informações.

A bandeira "Registo EMAS" e o logótipo com o respetivo número de registo reconhecem as empresas registadas neste sistema e que cumprem os requisitos estabelecidos a nível europeu.Em Portugal,  a entidade competente para efetuar o registo e verificar o cumprimento das condições é a Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

Certificação ambiental ISO 14001

A certificação ISO 14001 atesta o cumprimento da respetiva norma no que respeita ao sistema de gestão ambiental.

A identificação e redução dos riscos ambientais, o envolvimento dos colaboradores no processo e a utilização racional dos recursos são alguns dos aspetos tidos em conta nesta certificação.

As entidades autorizadas a efetuar esta certificação constam desta lista do Instituto Porituguês de Acreditação (separador Sistemas de Gestão Ambiental ISO 14001).

Rainforest Alliance 

É uma certificação ambiental para produtos agrícolas, garantindo que foram produzidos de acordo com os três pilares da sustentabilidade (social, económico e ambiental).

A certificação consiste num selo e é emitida por uma das entidades autorizadas pela Rainforest Alliance.

Forest Stewardship Council (FSC)

Esta certificação ambiental diz respeito a produtos provenientes de florestas e atesta que têm uma origem sustentável, respeitando os recursos florestais.

É usada por fabricantes, retalhistas, sites e plataformas de e-commerce, arquitetos, empresas de construção ou gestores florestais. Pode obter mais informação sobre a certificação FSC na FSC Portugal.

Cradle to Cradle

Tendo como princípio a economia circular, esta certificação, aplicável a produtos tão diversos como sistemas de som, vestuário, cosmética ou mobiliário, reconhece estratégias de design que tenham em conta o reaproveitamento de materiais e recursos. Conheça os passos para obter a certificação Cradle to Cradle.

Certificação ambiental: por que é importante para as empresas?

A obtenção de uma certificação ambiental é um fator de diferenciação para as empresas, que assim ganham uma vantagem competitiva relativamente a concorrentes que não manifestam o mesmo nível de preocupação com a sustentabilidade.

Por outro lado, o reconhecimento de boas práticas ambientais contribui para a boa reputação da empresa ou marca junto dos consumidores. A sustentabilidade é uma das principais tendências no consumo, sendo particularmente valorizada em países onde existe uma consciência ambiental mais desenvolvida. 

A certificação ambiental também já é importante no estabelecimento de parcerias e no desenvolvimento de negócios, já que muitas empresas preferem trabalhar com clientes ou fornecedores que deem a devida atenção aos aspetos ambientais e sociais.

A sua estratégia de internacionalização não pode ignorar as questões relacionadas com a responsabilidade social e ambiental. Mas, afinal, o que procuram os consumidores noutros mercados? Como garantir a sustentabilidade no e-commerce? Quais as exigências ambientais e legais nos diferentes países para onde vai exportar? O registo na área reservada MY AICEP ajuda a responder a estas perguntas e dá-lhe acesso a informações cruciais para o sucesso do seu negócio.

Veja também:

Greenwashing: uma ameaça que prejudica as empresas

Reputação online: sabe o que dizem os seus clientes?

Exportação de mercadorias: quais as etapas a seguir?

Notícias AICEP
O que esperar da AICEP no apoio à exportação?

AICEP

Todas as vantagens de registar a sua empresa na área de cliente MY AICEP.

Quais as principais tendências do e-commerce B2B e B2C?

AICEP

Prepare a sua empresa para o futuro. Conheça as principais tendências no e-commerce B2B e B2C.

Exportar para Itália: um mercado a ter em conta

AICEP

Se pretende exportar para a Itália, fique a par de algumas dicas que podem facilitar o processo.

Partilhe esta página

Campo Obrigatório