Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
20 de Fevereiro 2024
Inteligência Artificial na análise de dados: quais as vantagens?

Artigo AICEP

A aplicação da IA na análise de dados tem um enorme potencial para as empresas envolvidas no comércio internacional. Saiba em que termos.

Usar a Inteligência Artificial (IA) na análise de dados ainda não é um procedimento habitual para as empresas portuguesas, mas poderá ser uma mais-valia para as que o fizerem a curto prazo.

A IA reduz o tempo de processamento de dados e liberta recursos humanos para outras tarefas, como o desenvolvimento de produtos e de estratégias baseadas nos dados recolhidos.

No entanto, segundo o Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Empresas (IUTICE) do Instituto Nacional de Estatística (INE), em 2023, a análise de dados em 28,2% das empresas ainda era feita internamente pelos colaboradores. Cerca de 14,3% entregavam essa tarefa a outras empresas. No universo de inquiridos, apenas 7,9% das empresas recorriam à Inteligência Artificial, mas sobretudo para identificar objetos e imagens (44,7%).

A aplicação da IA na análise de dados tem, contudo, um enorme potencial para as organizações envolvidas no comércio internacional. Conheça os seus benefícios e os requisitos para a sua implementação.

Inteligência Artificial na análise de dados: de que se trata?

A análise de dados, mesmo quando está em causa um grande volume de informação, continua a ser, como revelam os dados do INE, um processo manual.

A tarefa de analisar e tomar decisões com base na informação recolhida é morosa e consome recursos humanos, que assim ficam indisponíveis para outro tipo de atividades em que a intervenção humana é indispensável.

Utilizar a Inteligência Artificial na análise de dados significa que o processo é feito de forma automática com recurso a sistemas e tecnologias, capazes não só de avaliar uma grande quantidade e variedade de dados, como de detetar padrões escondidos e de fazer recomendações com base nesse conhecimento.

Esta automatização na recolha, processamento e comunicação de dados permite reduzir o tempo necessário para esta tarefa, aumentando a produtividade. Mas há outros benefícios.

Vantagens da utilização da IA na análise de dados

A aplicação da Inteligência Artificial na análise de dados e a consequente automatização de tarefas manuais tem vantagens para as empresas, sendo a rapidez do processo a principal.

A velocidade e a agilidade da IA na análise de dados acelera a transformação desses dados em conhecimento e do conhecimento em valor, identificando tendências e detetando anomalias (por exemplo, um produto cujas vendas caíram abruptamente e de forma injustificada ou mesmo uma procura súbita por determinada categoria de produtos).

O recurso à IA permite também libertar os colaboradores que desempenhavam essa função para tarefas mais relevantes e geradoras de valor, como a contextualização da informação, I&D (Investigação e Desenvolvimento) ou marketing digital.

A Inteligência Artificial tem, assim, benefícios em termos de produtividade, redução de custos, maximização de lucros e poupança de tempo

Os benefícios para as empresas exportadoras

O facto de a utilização da IA na análise de dados não ser ainda uma prática comum nas empresas constitui uma vantagem competitiva para as organizações que a usam. A maior rapidez do processo permite chegar mais rapidamente a conclusões que permitam traçar ou alterar estratégias produtivas, ou comerciais. Desta forma, as empresas antecipam tendências e destacam-se da concorrência.

No e-commerce internacional, o recurso à IA para analisar dados é ainda mais importante, dado que, provavelmente, os concorrentes já o estarão a fazer.

Há ainda a considerar que, a longo prazo, a IA terá outras funcionalidades, como a análise coletiva e colaborativa de dados já incorporadas em soluções digitais, permitindo a tomada de decisões a partir de interações entre pessoas e máquinas.

O que é necessário para implementar?

Apesar de a Inteligência Artificial não ter ainda uma implementação forte nas empresas portuguesas, o inquérito do INE revela que 6,3% ponderam utilizar este tipo de tecnologia.

As que ainda não o fizeram apontam como motivo a falta de conhecimentos adequados na empresa (65,3%), a perceção de que os custos são elevados (64,9%) e a falta de clareza sobre as consequências legais por eventuais danos causados pelo uso de IA. As dificuldades com a disponibilidade ou a qualidade dos dados necessários são outros fatores apontados.

A implementação da Inteligência Artificial como ferramenta para a análise de dados tem alguns requisitos para as empresas, nomeadamente em termos de recursos materiais e humanos.

Identificados os recursos, é essencial disponibilizar aos colaboradores os conhecimentos necessários, nomeadamente através de formações vocacionadas para a utilização das tecnologias ou para boas práticas na utilização da IA.

A implementação de uma cultura interna que dê prioridade aos processos e à decisão baseada em dados também é importante para que os colaboradores identifiquem as situações em que a automatização possa melhorar o fluxo de trabalho, ajudá-los a poupar tempo ou a dedicar-se a outras atividades. 

Este tutorial da Academia AICEP resume os pontos mais importantes da Inteligência Artificial e da sua aplicação na análise de dados.

Veja também:

Como maximizar as vendas online internacionais com o ChatGPT?

Cibersegurança no comércio eletrónico: guia de boas práticas

Como ter sucesso no e-commerce cross-border?

Notícias AICEP
Como maximizar as vendas online internacionais com o Chat GPT?

AICEP

Usar o Chat GPT no e-commerce pode ajudar a alavancar as suas vendas online. Saiba como.

Incoterms®2020: qual a sua importância na exportação?

AICEP

Os Incoterms®2020 dão segurança jurídica à sua atividade exportadora. Saiba como.

Reputação online: sabe o que dizem os seus clientes?

AICEP

Uma boa reputação online transmite segurança e confiança aos consumidores.

Partilhe esta página

Campo Obrigatório