Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
31 de Agosto 2022

Como escolher e tirar o melhor partido das feiras internacionais

Artigo AICEP

As feiras internacionais continuam a ser um bom veículo de promoção das empresas que pretendem chegar a novos mercados. A pandemia adiou e cancelou algumas, mas não tirou importância a estes eventos e até acabou por reforçar o papel destas iniciativas. 

Participar em feiras internacionais é, sem dúvida, uma boa oportunidade de apresentar a sua empresa e os seus produtos a novos mercados, mas também de fazer networking, encontrar novos parceiros de negócios e, até, de conhecer melhor a concorrência. 

Ainda assim, e porque estas feiras têm um custo elevado – quer em termos financeiros, quer no tempo necessário para que sejam convenientemente preparadas – há que saber selecionar a melhor opção. 

3 dúvidas comuns sobre feiras internacionais

A participação numa feira deve ser uma decisão ponderada, em que é necessário ter em conta diversos fatores. É normal que surjam dúvidas ao escolher a feira em que quer participar. Ou que, em determinado momento, tenha de avaliar se vale a pena estar presente.

Virtual ou presencial?

Atualmente, uma das dúvidas mais comuns é perceber se, numa era em que o digital se tornou quase “o normal”, a participação em feiras presenciais continua a fazer sentido. 

A verdade é que estes eventos têm vantagens em relação aos que funcionam em modo virtual: além de maior interação entre os participantes, é possível proporcionar, aos futuros clientes, contacto com os seus produtos. Esse tipo de experiência não pode ser plenamente conseguido numa feira virtual.  

Setorial ou generalista?

As feiras especializadas, mesmo as de nicho, podem ser mais interessantes para a sua empresa do que as generalistas. Permitem, por exemplo, comparar os seus produtos com os da concorrência, analisando preços e características dos produtos semelhantes.

Os eventos setoriais também são importantes para detetar um potencial mercado, conhecer os canais mais eficientes e perceber qual é a logística necessária para chegar a esse mercado. Além disso, atraem o público que tem realmente interesse em determinado setor. 

Participar ou não? 

Antes de tomar a decisão, pode ser bastante útil visitar a feira e fazer um pouco de prospeção, percebendo a reputação do evento, qual o público a que se destina e se as pessoas que a visitam são as que tomam a decisão de compra.

É igualmente importante perceber como é feita a promoção da feira e se o público-alvo do esforço de marketing é o mais adequado para o seu negócio. 

Como preparar a participação?

Levar os seus produtos e a sua empresa a uma feira internacional é um processo que começa muito antes da participação propriamente dita, até porque, por exemplo no caso das feiras anuais, a preparação começa assim que uma edição termina. 

Assim, é necessário dedicar, com bastante antecedência, algum tempo a preparar a sua presença, tratando de aspetos como stands, catálogos ou viagens.  

Fazer um cronograma pode ser útil para garantir que nada é esquecido. 

Entre 9 e 12 meses antes da feira 

É nesta altura que se deve elaborar o orçamento e o plano de participação, para definir os custos e os recursos humanos e materiais que vão ser necessários. 

Para que este plano seja mais fidedigno (evitando derrapagens orçamentais e imprevistos), é importante contactar a organização da feira para conhecer detalhes como os regulamentos, planta do recinto e acesso a eletricidade, água, internet, limpeza, etc. 

Deverá também elaborar a estratégia de marketing, definindo os objetivos para a participação. 

6 a 8 meses antes da feira

Será a altura certa para marcar as viagens e alojamento e tratar das questões relacionadas com os materiais promocionais, como catálogos e brindes.

3 a 5 meses antes da feira

Se for necessário construir um stand, deve enviar o projeto para aprovação da organização. Nesta altura também já é possível solicitar a lista de expositores, a sua localização e conhecer o plano de promoção do evento.

Poderá igualmente começar a resolver as questões relacionadas com convites, cartões de estacionamento e credenciação de fornecedores.  

Nos dois meses anteriores

Com o aproximar da data da feira é essencial divulgar a sua presença, seja através da imprensa (press releases ou anúncios), seja através da promoção junto do público-alvo e de clientes.

Esta é a altura certa para agendar reuniões com possíveis parceiros, agentes, retalhistas, importadores ou distribuidores que possam estar interessados no seu produto. Prepare as apresentações da empresa em inglês ou no idioma do país onde se realiza a feira internacional. 

Deverá também iniciar a preparação das cargas a enviar para o local e agendar o dia e a hora para que sejam entregues. Caso seja necessário contratar pessoal de apoio, como promotores, deverá tratar disso com pelo menos um mês de antecedência.  

Durante e após a feira

Agora que as portas abriram, é fundamental garantir que está sempre alguém no seu stand para registar contactos e esclarecer dúvidas dos visitantes. 

Além de realizar as reuniões que agendou, é importante que tenha tempo para visitar a feira, de forma a conversar com clientes, mas também para “espreitar” a concorrência. 

Quando a feira terminar, entre em contacto com os clientes que mostraram interesse nos seus produtos e reúna com a sua equipa para fazer o balanço do evento.  

Onde encontrar apoio?

A preparação e a presença em feiras internacionais podem ser exigentes, pelo que poder contar com algum apoio técnico, consultoria e aconselhamento é sempre importante. A rede externa da AICEP, que conta com mais de 170 profissionais presentes em 55 mercados internacionais, pode ser bastante útil para apoiar a tomada de decisões e assegurar uma presença bem-sucedida em feiras internacionais. 

Além disso, ao registar-se na MY AICEP, estará sempre em contacto com o seu Gestor de Cliente, que lhe pode fornecer informação adicional sobre feiras. Aqui, na área reservada, receberá também recomendações personalizadas consoante o setor de atividade e os mercados de interesse da sua empresa.

Veja também:

Academia AICEP: formar para a internacionalização

Como prospetar e captar clientes estrangeiros

Investimento Direto Português no Estrangeiro: o que é e enquadramento

 

Notícias AICEP

Maxiglobal apresenta soluções no Data Centre World em Paris

AICEP

Empresa portuguesa marca presença no evento que reúne os principais players do setor.

  • França
  • TIC

41 Empresas portuguesas participaram na MICAM

AICEP

Os empresários portugueses mostravam boas expetativas para esta exposição e o balanço revelou-…

  • Itália
  • Calçado

Portugal sobe duas posições no European Innovation Scoreboard

AICEP

O desempenho nacional aumentou 6,4 pontos percentuais entre 2015 e 2022.

Partilhe esta página

Campo Obrigatório