Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório

Webinar Em Foco Polónia e Hungria Calçado 2021

Multimercado
  • Ação gratuita
  • Calçado
  • Live streaming
  • 17 de Fevereiro 2021

A AICEP, em parceria com a APICCAPS – Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Sucedâneos, realizou no dia 17 de fevereiro, às 10h00, um webinar dedicado ao setor do calçado na Polónia e na Hungria, no qual foram debatidas as melhores abordagens para as empresas que já estão presentes ou pretendem começar a exportar para estes mercados. A sessão contou com a participação do diretor-geral da APICCAPS, João Maia, dos delegados da AICEP Pedro Macedo Leão, na Polónia, e Joaquim Pimpão, na Hungria, e da especialista Dorota Mazurek, redatora-chefe da revista setorial polaca “Swiat Butow” (Mundo dos Sapatos).

A pandemia COVID-19 tem alterado os hábitos de consumo por todo o mundo e naturalmente a Hungria e a Polónia não são exceção. No decorrer deste período de ”nova normalidade” que dura há quase um ano, o calçado não foi uma prioridade para os consumidores e o e-commerce não conseguiu compensar as quedas das vendas presenciais.

Este webinar teve como objetivo apresentar o atual contexto macroeconómico, levando em conta a situação resultante da pandemia, as tendências e perspetivas gerais e setoriais, destes mercados e as oportunidades para as empresas portuguesas.
 

Programa

Webinar Calçado - Polónia e Hungria

A&ccedil;&atilde;o feita em conjunto com a APICCAPS, por indica&ccedil;&atilde;o desta entidade e com a DC da AICEP. Divulga&ccedil;&atilde;o das oportunidades de neg&oacute;cio neste setor nomeadamente nos 2 mercado em an&aacute;lise, Pol&oacute;nia e Hungria.<br />&nbsp;<br />A Pol&oacute;nia &eacute; o principal mercado entre os pa&iacute;ses da Europa Central e Oriental que aderiram &agrave; Uni&atilde;o Europeia em 2004 e possui uma situa&ccedil;&atilde;o geogr&aacute;fica estrat&eacute;gica, sendo uma importante plataforma para outros mercados da regi&atilde;o. As previs&otilde;es de institui&ccedil;&otilde;es polacas e internacionais apontam para um crescimento do PIB da Pol&oacute;nia entre 3,5 e 4,5% em 2021.<br />&nbsp;<br />O mercado polaco &eacute; extremamente din&acirc;mico e tem apresentado nos &uacute;ltimos anos um consider&aacute;vel aumento nas importa&ccedil;&otilde;es de bens e servi&ccedil;os. A Pol&oacute;nia &eacute; atualmente o 10&ordm; principal cliente de Portugal, tendo as exporta&ccedil;&otilde;es portuguesas para este mercado registado um crescimento cont&iacute;nuo entre 2013 e 2019, com uma taxa de crescimento anual m&eacute;dia superior aos 10%.<br />&nbsp;<br />A Hungria, por sua vez, &eacute; simultaneamente um pa&iacute;s importador e exportador de cal&ccedil;ado (660 milh&otilde;es e 540 milh&otilde;es de USD, respetivamente, em 2019). Os seus principais parceiros comerciais, no que se refere a importa&ccedil;&atilde;o, s&atilde;o a China (quase 50%), seguida da Pol&oacute;nia, Eslov&aacute;quia, Alemanha e &Aacute;ustria, que em conjunto representam 30% da importa&ccedil;&atilde;o de cal&ccedil;ado. Alemanha e &Aacute;ustria s&atilde;o os dois principais mercados de destino, representando no seu conjunto quase 60% da exporta&ccedil;&atilde;o de cal&ccedil;ado da Hungria.<br />&nbsp;<br />A pandemia causada pela covid-19 tem alterado os h&aacute;bitos de consumo por todo o mundo e naturalmente a Hungria e a Pol&oacute;nia n&atilde;o s&atilde;o exce&ccedil;&atilde;o. No decorrer deste per&iacute;odo de &rdquo;nova normalidade&rdquo; que dura h&aacute; quase um ano, o cal&ccedil;ado n&atilde;o foi uma prioridade para os consumidores e o <em>e-commerce</em> n&atilde;o conseguiu compensar as quedas das vendas presenciais.<br />&nbsp;<br />Este&nbsp;<em>webinar</em>&nbsp;tem como objetivo apresentar o atual contexto macroecon&oacute;mico, levando em conta a situa&ccedil;&atilde;o resultante da pandemia, as tend&ecirc;ncias e perspetivas (gerais e setoriais) destes mercados e as oportunidades para as empresas portuguesas.<br />&nbsp;<br /><strong>Assista ao <em>webinar</em> e coloque as suas quest&otilde;es. A apresenta&ccedil;&atilde;o da especialista pol&aacute;ca ser&aacute; feita em ingl&ecirc;s.</strong><br />&nbsp;<br /><br />&nbsp;<br><br>A AICEP, em parceria com a APICCAPS &ndash; Associa&ccedil;&atilde;o Portuguesa dos Industriais de Cal&ccedil;ado, Componentes, Artigos de Pele e Suced&acirc;neos, vai realizar no dia <strong>17 de fevereiro, &agrave;s 10h00</strong>, um <em>webinar</em> dedicado ao setor do <strong>cal&ccedil;ado na Pol&oacute;nia e na Hungria,</strong> no qual ser&atilde;o debatidas as melhores abordagens para as empresas que j&aacute; est&atilde;o presentes ou pretendem come&ccedil;ar a exportar para estes mercados. A sess&atilde;o contar&aacute; a participa&ccedil;&atilde;o do diretor-geral da APPICAPS, Jo&atilde;o Maia, dos delegados da AICEP Pedro Macedo Le&atilde;o, na Pol&oacute;nia, e Joaquim Pimp&atilde;o, na Hungria, e da especialista Dorota Mazurek, redatora-chefe da revista setorial polaca &ldquo;Swiat Butow&rdquo; (Mundo dos Sapatos).<br />&nbsp;<br /><br />&nbsp;

Oradores

  • Isabel Gorjão Santos

    Moderadora, aicep Portugal Global

  • João Maia

    Diretor Geral da APICCAPS

  • Pedro Macedo Leão

    Delegado da AICEP em Varsóvia

  • Dorota Mazurek

    Redatora-chefe da revista setorial de calçado “Swiat Butow

  • Joaquim Pimpão

    Delegado da AICEP na Hungria

Organização

  • AICEP

  • APICCAPS

Partilhe esta página

Campo Obrigatório