Passar para o conteúdo principal

Em Foco Polónia: Vinhos

Polónia
  • Ação gratuita
  • Vinho
  • Porto – Auditório José Lima Torres, APDL
  • 05 de Dezembro 2019

Szymon Milonas, sommelier, importador de vinhos e educador certificado do WSET, é o especialista convidado pela AICEP para o Em Foco Polónia – Vinhos, a realizar no dia 5 de dezembro no Porto.

Educador certificado do Wine and Spirit Educational Trust (WSET), com experiência prática no comércio de vinhos, e membro do Conselho de Administração da Associação de Sommeliers Polacos, Szymon Milonas vem a Portugal apresentar as características e oportunidades de negócio do mercado de vinhos polaco.

O mercado polaco de vinhos é extremamente dinâmico e tem apresentado nos últimos anos um considerável aumento na importação. Este crescimento resulta do aumento do consumo do vinho na Polónia, e reflete o grande potencial deste mercado em relação a outros países europeus.

Depois de uma apresentação geral do mercado polaco por parte do delegado da AICEP na Polónia, Pedro Macedo Leão, o especialista polaco Szymon Milonas apresenta neste Em Foco as características, novas tendências e o contexto do mercado dos vinhos na Polónia, incluindo os principais atores na importação e distribuição, canais de comunicação e de marketing da oferta e potenciais constrangimentos e dificuldades para as empresas portuguesas.

Na segunda parte da sessão, Szymon Milonas apresenta as estratégias de penetração comercial mais adequadas para as empresas portuguesas interessadas em entrar no mercado de vinhos polaco e oportunidades de negócio disponíveis na Polónia para vinhos portugueses.

No fim da sessão existe um espaço de Perguntas e Respostas, em que as empresas participantes poderão colocar questões sobre a informação partilhada pelo especialista.

As empresas participantes têm ainda a oportunidade de realizar speed mettings com o especialista polaco, de 15 minutos, na tarde do dia 5 de dezembro, mediante inscrição durante o coffee-break da sessão.

A venda de vinhos portugueses para a Polónia tem aumentado significativamente nos últimos anos, indicando um crescente interesse do mercado no produto português. Em 2018, Portugal vendeu para a Polónia vinhos num valor superior a 20 milhões de Euros e alcançou 6,67% de quota de mercado, tendo-se posicionado como 6º fornecedor de vinho.

Venha conhecer o especialista Szymon Milonas e saiba como fazer negócios com sucesso na Polónia.

 

Sobre a Polónia e o mercado de vinhos polaco

Especialistas estimam que a anunciada desaceleração económica global poderá não ter um impacto significativo na economia polaca, e preveem um crescimento de 3,5% do PIB para 2020, depois dos 4,5% estimados para 2019. O consumo privado, que no primeiro trimestre deste ano aumentou 4,1%, continuará a ser o principal motor do crescimento económico da Polónia, beneficiando de várias medidas governamentais de estímulo fiscal e dos programas de apoio financeiro às famílias.

A Polónia entrou em Janeiro deste ano no TOP 10 dos países que mais importam de Portugal, assumindo-se como um mercado incontornável no processo de internacionalização das empresas portuguesas. Cerca de 2.500 empresas portuguesas vendem para a Polónia, um mercado que oferece inúmeras oportunidades, mas que exige uma preparação prévia.

O mercado polaco de vinho é extremamente dinâmico e tem apresentado nos últimos anos um considerável aumento na importação. Este crescimento resulta do aumento do consumo do vinho na Polónia, e reflecte o grande potencial deste mercado em relação a outros países europeus. Como um bom exemplo, temos os vinhos portugueses cuja venda tem aumentado significativamente nos últimos anos.

Em 2018, Portugal vendeu para a Polónia vinhos num valor superior a 20 milhões de Euros e alcançou 6,67% de quota de mercado, tendo-se posicionado como 6º fornecedor de vinho. Devido à maior aposta promocional que se tem realizado nos últimos anos, os vinhos portugueses reforçam a sua presença nos canais de distribuição locais, e a suscitam maior interesse e curiosidade junto do público consumidor.

Para além da oferta na cadeia de supermercados Biedronka (Grupo Jerónimo Martins), os vinhos portugueses estão a posicionar-se, fundamentalmente, no segmento de preços médio e médio-alto, rivalizando assim com a oferta dos principais países concorrentes de Portugal nos mercados internacionais (Espanha, França, Itália e países do Novo Mundo).

Data: 5 de dezembro de 2019
Local: Porto – Auditório José Lima Torres, APDL – Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (Av. da Liberdade, 4450-718 Leça da Palmeira)
Hora: 9:00-12:30

 

Apresentações consultar >

Programa

5 de dezembro de 2019

09:00    Receção de Participantes

09:30     Abertura de Sessão

João Guilherme Rodrigues, Técnico Especialista da DREI, Direção da Rede Externa da AICEP
Diogo Lacerda, Head of Trade Finance, Millennium bcp
 
09:45    Apresentação Geral do Mercado PolacoPedro Macedo Leão, Diretor da aicep Portugal Global em Varsóvia
 
10:10    Características, tendências e o contexto do mercado dos vinhos na Polónia (em inglês)
Szymon Milonas, Administrador  da  WineRepublic, formador da Wine & Spirit Education Trust (WSET), membro da Associação de Sommeliers Polacos

10:40    Coffee-Break - Inscrições nas reuniões speed meetings (15m), com o orador convidado  
  
11:10     Estratégias de penetração comercial e oportunidades de negócio (em inglês)
Szymon Milonas, Administrador  da  “WineRepublic”, formador da Wine & Spirit Education Trust (WSET), membro da Associação de Sommeliers Polacos

11:45    Perguntas e Respostas

12:30    Conclusões e Encerramento

14:00 às 17:00    REUNIÕES BILATERAIS (speed meetings, reunião de 15 minutos) 
 

Inscrições Encerradas

Organização

  • AICEP

Patrocínios

  • Millennium BCP

Apoios

  • APDL

Campo Obrigatório