Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
30 de Dezembro 2020

Vinhos portugueses em destaque na Bélgica

AICEP

Bélgica
Vinho

Os vinhos portugueses têm conquistado uma forte notoriedade na Bélgica pela sua qualidade, diversidade e variedade.

A revista Essentielle Vino dedicou a Portugal, no passado dia 27 de novembro, a capa da sua mais recente edição, em especial aos vinhos das regiões do Dão e da Bairrada. Destacam-se as singularidades dos vinhos destas duas regiões, como a orientação das vinhas e a sua exposição solar, o solo, o clima e as castas produzidas. São ainda referidos vários produtores e alguns dos seus distribuidores na Bélgica.

A Essentielle Vino é uma revista belga dedicada inteiramente ao setor dos vinhos e distribuída enquanto suplemento do diário francófono La Libre e do jornal La Dernière Heure. O artigo mencionado foi publicado na edição de 27 de novembro de 2020, em língua francesa, e também na  edição flamenga – DM Vino - distribuída como suplemento do diário neerlandês De Morgen.

Em 2019, a Bélgica foi o 7º maior cliente de Portugal no setor dos vinhos (5,6 por cento do total das exportações de vinho), atrás da França (14 por cento), EUA (11 por cento), Reino Unido (9,5 por cento), Brasil (6,7 por cento), Alemanha (5,8 por cento) e Canadá (5,6 por cento). Em 2019, as exportações de vinhos portugueses para a Bélgica totalizaram 46 milhões de euros e, de janeiro a setembro de 2020, Portugal exportou para este mercado 33,5 milhões de euros, um crescimento de 2,8 por cento relativo ao período homólogo do ano passado.

Do ponto de vista das importações belgas, em 2019, Portugal foi o 6º fornecedor de vinhos com 4,1 por cento de quota de mercado. Os primeiros cinco fornecedores foram a França (com 54,6 por cento de quota de mercado), Espanha (10,3 por cento), Itália (10,1 por cento), Holanda (4,9 por cento) e Alemanha (4,2 por cento).

No que se refere às exportações de vinho do Porto, e segundo dados do Instituto de Vinhos do Douro e do Porto (IVDP) relativos às vendas em 2019, a Bélgica foi o 5º maior mercado em termos de quantidade e o 6º maior mercado em termos de valor, com as exportações a atingirem 7,4 milhões de litros e cerca de 30 milhões de euros. De janeiro a novembro de 2020, as vendas de vinho do Porto na Bélgica totalizam 28,8 milhões de euros e cerca de 7 milhões de litros, o que representou um crescimento 3,6 por cento e de 2,9 por cento, respetivamente, em relação ao período homologo do ano anterior.

Relativamente às exportações de Vinho da Madeira, a Bélgica é o 5º mercado europeu com 2,1 por cento do total das vendas em 2019, precedido de França (28,3 por cento), Portugal (19,1 por cento), Alemanha (9,1 por cento), e Reino Unido (8 por cento). Nesse ano, e de acordo com o Instituto do Vinho, Bordado e Artesanato da Madeira (IVBAM), as vendas à Bélgica alcançaram 712 mil euros (138 mil litros). Em 2020 (janeiro a setembro), as exportações totalizaram 399 mil euros (88,8 mil litros).

O maior evento do setor dos vinhos na Bélgica é a feira Megavino, que se realiza anualmente em Bruxelas e reúne os mais diversos intervenientes locais do setor dos vinhos, com um programa variado e com uma forte presença de produtores e exportadores internacionais. Devido à pandemia da COVID-19, a edição de 2020 foi cancelada, mas uma nova data para 2021 será anunciada em breve.

É ainda de destacar o Concurso Mundial de Bruxelas, organizado pela Vinopres. O concurso, com alto reconhecimento internacional, realiza-se todos os anos em Bruxelas e já galardoou vários produtores portugueses.

O crescimento da reputação do vinho português na Bélgica tem aumentado o interesse dos atores portugueses por este mercado, sendo a Bélgica um dos três novos mercados a abordar na Estratégia da ViniPortugal para 2021.

Mais informações sobre este assunto podem ser obtidas junto da Delegação da AICEP em Bruxelas.

Partilhe esta página

Campo Obrigatório