Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
25 de Outubro 2023

Vestuário: crescimento de lojas e-commerce nos Países Baixos

AICEP

Holanda
Vestuário e acessórios

O número de lojas físicas nos Países Baixos tem vindo a reduzir desde o início da pandemia. De acordo com dados divulgados pelo banco ABN AMRO, o número de retalhistas de vestuário diminuiu cerca de 10 por cento, entre janeiro de 2020 e agosto de 2023. As lojas de calçado e os outlet’s para senhora e criança estão entre os mais afetados. Já no mercado digital, registou-se um aumento de 3,3 por cento de lojas de vestuário online.

Segundo o ABN AMRO, o aumento dos custos tem sido parcialmente absorvido pelos consumidores, uma vez que o preço médio do vestuário aumentou cerca de 10 por cento, desde fevereiro do ano passado. No entanto, este aumento levou a que os consumidores estivessem mais retraídos relativamente aos gastos, o que resultou num decréscimo de 2 por cento, comparativamente a 2019.

Já no mercado digital, a tendência verificada sobre o número de lojas foi oposta. No mesmo período, houve um aumento de 3,3 por cento de lojas de vestuário online. Tal reflete a mudança do padrão de consumo, já sinalizado pelo World Economic Forum em 2021. Desde a pandemia, foi notória a preferência dos consumidores pelo e-commerce, que se alinha com valores como comodidade, higiene e sustentabilidade.

O mercado de e-commerce neerlandês caracteriza-se pela variedade de marcas disponíveis através de sites próprios, como H&M ou a Zara ou de lojas multimarcas de vestuário como a Wehkamp ou a Zalando. Segundo o Statista, no segmento da moda, o Zalando.nl, o Bol.com e o Wehkamp.nl, são os principais retalhistas, compreendendo mais de 2 mil milhões de dólares em vendas líquidas no ano de 2021.

Neste cenário, recomenda-se que as empresas portuguesas realizem um acompanhamento das tendências deste setor, de forma a posicionarem-se corretamente face aos padrões de consumo do mercado neerlandês.

Notícias AICEP

Vender online para França: o que deve saber

AICEP

Vender online para França é uma boa oportunidade de internacionalização. Conheça o mercado.

Quando fazemos o seu projeto de internacionalização online?

AICEP

Este é o momento para criar ou reforçar o projeto de internacionalização online da sua empresa.

Como vender no eBay: vantagens, custos e guia de procedimentos

AICEP

Saiba como funciona e quais as vantagens de vender no eBay.

Partilhe esta página

Campo Obrigatório