Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
08 de Novembro 2021

Twintex: Vestuário português conquista moda internacional

AICEP

Multisetor

Exportando a totalidade da sua produção para 21 países na Europa, Estados Unidos e Canadá, a Twintex produz vestuário de mulher e homem no segmento médio-alto e alto. Os principais clientes desta empresa portuguesa são os mais reconhecidos líderes de moda internacionais.

A Twintex surgiu de uma empresa que nasceu há 40 anos atrás numa região com tradição na indústria têxtil. O fundador da Twintex, António Mineiro, filho de trabalhadores da indústria têxtil, enveredou desde cedo pelo setor têxtil e, posteriormente, pelo vestuário com a sua própria empresa.

A aposta da Twintex começou no mercado nacional, tendo alargado de seguida os seus horizontes para os mercados do norte da Europa, e depois para o centro e sul da Europa.

Com quase 400 colaboradores, a Twintex produz vestuário de mulher e homem no segmento médio-alto e alto e apresenta-se como a fábrica de confeções dos líderes de moda internacionais, exportando a totalidade da sua produção para a Europa, Estados Unidos da América e Canadá, para um total de 21 países.

A missão da Twintex é ser reconhecida pelas suas competências na atividade onde se insere e como uma organização profissional escolhida diretamente por clientes e parceiros de todo o mundo. Além disso, pretende ser uma empresa social e ambientalmente responsável, capaz de acompanhar os mercados. Os seus principais objetivos estão diretamente ligados com a missão: a qualidade do produto e serviço, a responsabilidade social e a responsabilidade ambiental.

Em 2020, a empresa registou resultados bastante positivos, devido ao crescimento do número de clientes. Contudo, com a pandemia, o plano sofreu um revés, tendo a empresa sofrido reduções percentuais entre os 20 e os 50 por cento ao nível de clientes. Apesar disso, a Twintex começou o ano de 2021 com confiança e com a expectativa clara de que chegará a dezembro com melhores resultados do que aqueles que tinha em janeiro.

Leia o artigo na íntegra na revista Portugalglobal.

Notícias AICEP

E-commerce no setor agroalimentar: porquê e como

AICEP

Informação que lhe explica o porquê do crescimento do e-commerce agroalimentar e como começar.

  • Multisetor

Crescimento do PIB português em 2021

AICEP

Entre janeiro e setembro de 2021, o PIB português registou um crescimento de 4,3 por cento.

  • Portugal

Vender fruta online para a Alemanha? É possível com estes…

AICEP

Conheça os melhores mercados digitais para exportar fruta online para a Alemanha.

  • Multimercado
  • Agroalimentar

Partilhe esta página

Campo Obrigatório