Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
04 de Janeiro 2023

Saúde deve apostar na cooperação empresarial e nas redes sociais

AICEP

Saúde

A tendência de cooperação entre empresas da área da Saúde e Life Sciences tornou-se ainda mais clara com a pandemia vivida nos últimos anos, bem como a importância de comunicar de forma correta e de usar as redes sociais para manter o contacto com parceiros e clientes. São estes os dois temas abordados nas análises Comunicação Empresarial na Saúde e Otimização dos Social Media na Saúde que a AICEP, em colaboração com o FutureCast Lab do ISCTE, acaba de publicar na MY AICEP.

Em Comunicação Empresarial na Saúde são referidos alguns dos principais desafios que o setor enfrenta, as respostas dadas pelas tecnologias e a forma como as necessidades dos pacientes têm vindo a mudar. São também destacados alguns exemplos de sucesso.

No grupo farmacêutico AstraZeneca, um dos primeiros a desenvolver uma vacina para a COVID-19, foi estabelecida uma colaboração com o Massachusetts General Hospital (MGH) para melhorar a plataforma digital AMAZE que permite monitorizar os pacientes com asma e insuficiência cardíaca e melhorar os cuidados prestados. A Rox Health, subsidiária da Roche, tem desenvolvido aplicações digitais relacionadas com os cuidados de saúde e dado apoio às empresas que querem colocar no mercado novas aplicações. Na Novartis a colaboração empresarial passou pelo estabelecimento de um acordo com o National Health Service britânico para o tratamento de pacientes com colesterol elevado e histórico de doenças cardiovasculares. A estes casos juntam-se as empresas portuguesas Hovione e Bial. A primeira tem promovido parcerias com universidades para financiar projetos ligados ao setor farmacêutico e a segunda criou a Fundação Bial para apoiar a investigação sobretudo na área das neurociências.

A forma como as empresas deste setor podem beneficiar com a utilização das redes sociais é abordada no digest Otimização dos Social Media na Saúde, no qual são explicados conceitos relacionados com o marketing nas redes sociais e o modo como este pode ser usado para aumentar o negócio entre empresas (B2B). Tal como em outras áreas, no setor da Saúde é importante adaptar os conteúdos às diferentes redes sociais, pois enquanto o Facebook permite chegar a um maior número de pessoas, o YouTube ou o Instagram serão mais adequados para a divulgação de imagens e vídeos e o LinkedIn permite um contacto mais direto com os parceiros e decisores.

Como exemplos de boas práticas de utilização das redes sociais são apresentados os casos da Avantor, produtora e fornecedora de químicos e outros materiais para a indústria farmacêutica que comunica nas redes sociais com os seus clientes e as usa para divulgar vídeos, eventos e ações de formação, mas também da alemã Boehringer Ingelheim, que publica conteúdos específicos para consumidores, profissionais de saúde e clientes. Também o New York-Presbyterian Hospital, um centro médico universitário norte-americano, alcançou um sucesso surpreendente nas redes sociais quando em 2022 encorajou muitos dos seus pacientes a publicar nas redes sociais pequenos vídeos a relatar a sua experiência no hospital.

Estes relatórios, integrados no projeto Tendências em Gestão e Marketing Internacional, podem ser consultados na MY AICEP.

Notícias AICEP

Concurso para manutenção de estradas na Noruega

AICEP

Noruega anuncia o concurso público para a manutenção de estradas em Møre e Romsdal.

  • Noruega
  • Construção civil

UNESCO-Aschberg - Apoio a artistas e profissionais da cultura

AICEP

Apresentação de projetos sobre Liberdade Artística e Promoção de Profissionais da Cultura.

  • Multisetor

Moda portuguesa marca presença na MOMAD Metropolis

AICEP

Marcas portuguesas participam novamente na edição da MOMAD, a realizar-se em Madrid.

  • Espanha
  • Multisetor

Partilhe esta página

Campo Obrigatório