Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
16 de Agosto 2022

A relação Portugal-Alemanha num contexto de “Zeitenwende”

Alemanha

O chanceler Olaf Scholz cunhou a expressão “Zeitenwende”, mudança dos tempos, que entrou já no léxico comum. 

E as mudanças têm sido numerosas, em cadência curta, em intensidade crescente e, em alguns casos, alimentando uma reação em cadeia. Brexit, COVID, roturas de abastecimento e falhas no modelo de globalização não-diversificada, encarecimento das matérias-primas, inflação, viragem no ciclo das taxas de juro, crises ambientais e uma guerra dentro da Europa. Muitas das respostas que a Europa há de encontrar para estes desafios levarão a um estreitamento das relações entre a Alemanha e Portugal.

Do lado alemão, a perceção sobre Portugal é cada vez mais favorável: pela democracia estável, forte compromisso europeu, disciplina orçamental e estado de direito. Pela soft diplomacy que soma à diplomacia da União Europeia em regiões estratégicas. Pelo multiculturalismo e capacidade de integração. Pelo potencial de nearshoring de operações industriais dispersas pelo mundo e fiabilidade conferida às cadeias de fornecimento. Pelo compromisso ambiental e potencial energético em renováveis, em clusters frequentemente verticalizados. E pelo talento humano, em competências tecnológicas e criativas, como o comprovam cada vez mais empresas alemãs estabelecidas em Portugal.

Leia o artigo na íntegra.

Por Miguel Crespo, delegado da AICEP na Alemanha

Para ficar a par de todas as novidades, subscreva a nossa Revista Portugalglobal

Notícias AICEP

Maxiglobal apresenta soluções no Data Centre World em Paris

AICEP

Empresa portuguesa marca presença no evento que reúne os principais players do setor.

  • França
  • TIC

41 Empresas portuguesas participaram na MICAM

AICEP

Os empresários portugueses mostravam boas expetativas para esta exposição e o balanço revelou-…

  • Itália
  • Calçado

Portugal sobe duas posições no European Innovation Scoreboard

AICEP

O desempenho nacional aumentou 6,4 pontos percentuais entre 2015 e 2022.

Partilhe esta página

Campo Obrigatório