Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
04 de Janeiro 2023

As potencialidades do e-commerce na Bélgica

AICEP

Bélgica

Num estudo de e-commerce realizado pelo PPRO - fintech britânica de pagamentos digitais - a Bélgica é considerada como um dos 27 países da União Europeia (UE) com um alto potencial para o desenvolvimento do e-commerce nos próximos anos.

O e-commerce na Bélgica verifica uma taxa de crescimento cerca de 18 por cento ao ano. O valor total do comércio eletrónico belga em 2021 foi superior a 13 mil milhões de dólares americanos, com previsões de expansão para mais 21 mil milhões de dólares até 2026, avançam os dados do estudo.

Ao longo dos anos foram tomadas medidas governamentais e europeias que contribuíram para aumentar a eficácia e eficiência do e-commerce na Bélgica. Em 2018, o governo da Bélgica suspendeu a proibição do trabalho noturno e aos domingos, acelerando as entregas online a partir de 2019. Em 2021, os correios belgas Bpost investiu também na expansão da logística de comércio eletrónico após um aumento nas entregas em 2020, consequente da pandemia da COVID-19. A partir de 1º de julho de 2021, a Comissão Europeia introduziu várias alterações na forma como o IVA é cobrado sobre as vendas online, a fornecedores dentro e fora da UE.

Os consumidores têm ainda uma maior probabilidade de fazer compras transfronteiriças. Localizada na Europa Central, a Bélgica partilha a fronteira com países com as mesmas línguas nacionais do país, sendo fácil e prático efetuar compras internacionais. O estudo do PPRO revela que 23 por cento do e-commerce na Bélgica são compras transfronteiriças, sendo um dos sete países da UE onde os consumidores têm mais facilidade em realizar este tipo de compras online.

Os métodos de pagamento de compras online mais utilizado são o Bancontact, Payconiq e Klarna. As redes sociais mais usadas para compras online são o Facebook (57 por cento) e o Instagram (40 por cento).

A Bélgica oferece um mercado online vantajoso, com poucas barreiras estruturais de entrada no mercado e uma grande potencialidade de crescimento nos próximos anos. Os principais obstáculos verificados, de acordo com o estudo da PPRO, são particularmente a localização, uma vez que se verifica um nível de competição elevado fruto das compras transfronteiriças, e a necessidade de oferecer métodos de pagamento locais.

Notícias AICEP

Amazon Business: que oportunidades tem para o comércio B2B

AICEP

Já conhece o Amazon Business? Fique a par das suas vantagens para empresas.

Feira Intergift recebe empresas da fileira casa portuguesa

AICEP

São 43 marcas portuguesas que estarão presentes na feira Intergift, em Madrid.

  • Espanha
  • Multisetor

Marcas portuguesas na IoT Solutions World Congress - Barcelona

AICEP

A Solutions World Congress, realizada em Barcelona, conta com três empresas portuguesas.

  • Espanha
  • TIC

Partilhe esta página

Campo Obrigatório