Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
14 de Junho 2022

Velhos amigos que se desconhecem cordialmente

África do Sul

Enquanto Embaixador em Pretória, saúdo a atenção que a Revista Portugalglobal está a dar à África do Sul.

Com o olhar a partir daqui e já com alguns anos de perspetiva, há muito que me interpela o recíproco desconhecimento e as imagens-feitas que marcam a forma como dois países amigos e com uma longa história comum se observam mutuamente. E essas observações – incompletas ou distorcidas – acabam por limitar um relacionamento que devia ser transversalmente mais denso.

Olhando daqui para Portugal, de Sul para Norte, a perceção é frequentemente marcada pelas imagens passadistas e, até colonialistas, raramente integrando a modernidade, inovação e qualidade com que nos posicionamos atualmente. Em sentido inverso, a África do Sul é um país de perigos, violências e catástrofes, quase tudo o que as notícias daqui fazem chegar aos leitores europeus. Só as más notícias são notícias…

Sem esquecer o nosso passado nas suas sombras e também nas suas luzes, nem ignorar os problemas na África do Sul, constato que há algo a fazer para irmos além dos clichés e para valorizarmos as oportunidades e complementaridades que existem de ambos lados.

A África do Sul é a mais diversificada economia africana e uma das maiores do continente, com um PIB sustentadamente de mais de 300 mil milhões USD, provavelmente com a única classe média digna do nome, com milhões de consumidores sofisticados e possivelmente a única com um ambiente de negócios internacionalmente reconhecível. Neste mercado um contrato é um instrumento protegido pela lei e pelos juízes (e não uma precária troca de favores, à mercê do parceiro local), os bancos são bancos, as estradas são estradas, em quase todo o país se pode beber a água da torneira, os hospitais são hospitais e, em suma, – na economia formal, multirracial – a vida se assemelha aos padrões que conhecemos nos países desenvolvidos.

Leia o artigo na íntegra na edição de junho da Revista Portugalglobal.

Por Manuel Carvalho, embaixador de Portugal na África do Sul

Para ficar a par de todas as novidades, subscreva a nossa Revista Portugalglobal

Notícias AICEP

Meios de pagamento internacionais: as opções para empresas

AICEP

Quais os meios de pagamento utilizados no comércio internacional? Conheça os principais.

Exportações são o maior contributo para o crescimento económico

AICEP

Exportações portuguesas, de janeiro a setembro de 2022, representaram 49,9 por cento do PIB.

Espanha premeia transformação digital industrial

AICEP

Advanced Factories, evento espanhol de tecnologia industrial, vai premiar empresas inovadoras.

  • Espanha
  • Multisetor

Partilhe esta página

Campo Obrigatório