Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
13 de Setembro 2021

Molde Ceramics na Revista Portugalglobal

AICEP

Multisetor

Fundada em junho de 1988, nas Caldas da Rainha, uma região com uma tradição secular na indústria cerâmica decorativa e utilitária, a empresa 100 por cento portuguesa Molde Ceramics combina tradição e inovação.

Com mais de 33 anos de experiência e composta por uma equipa de elevada qualidade e know-how, a empresa diferencia-se da grande indústria pelos seus acabamentos, diversidade de tamanhos e modelos. Além disso, segue as melhores práticas ambientais.

Em 1992, a Molde Ceramics recebeu o Prémio Nacional de Design para a indústria cerâmica e, em 2001, foi distinguida com o Prémio Nacional de Segurança do Trabalho.

Com base numa estratégia de diversificação de produtos, em 2003, a empresa apostou no desenvolvimento de uma coleção de revestimentos decorativos: a “Azulejo XXI”. Esta coleção foi criada com o intuito de reinventar o tão tradicional conceito de azulejaria português. Este produto distingue-se pelas formas exclusivas, texturas e tridimensionalidade, que possibilitam a criação de espaços únicos.

A produção de revestimentos decorativos da Molde Ceramics é executada manualmente e cada peça é única, sendo parte de uma mesma família. Para além dos modelos “Azulejo XXI”, produz também projetos de autor, que se constituem como peças cerâmicas especiais para construção, como o revestimento da Estação de Tratamento de Águas da Epal, em Asseisseira, em 2008, autoria de Eduardo Nery, e o revestimento decorativo do Edifício Náutico, em Cascais, do arquiteto Tiago Rebelo de Andrade, em 2019.

No ano de 2018, iniciou a apresentação regular dos seus produtos “Molde” nas principais feiras da Europa, dando assim início ao processo de internacionalização da marca. Desta forma, a marca “Molde” foi bastante promovida internacionalmente, tornando-se reconhecida em vários pontos do mundo. Em 2021, a empresa criou a Academia Molde, um departamento que pretende promover novos valores criativos na área da indústria cerâmica.

No primeiro semestre de 2021, a Molde Ceramics alcançou um volume de faturação de 1,5 milhões de euros. Com uma forte componente exportadora, a empresa exporta essencialmente produtos de table ware e decoração, maioritariamente para mercados altamente exigentes, como os Estados Unidos da América e os países nórdicos, em private label.

Leia o artigo na íntegra na Revista PortugalGlobal.

Notícias AICEP

Exportações portuguesas registam crescimento

AICEP

Exportações portuguesas registam crescimento nos primeiros sete meses do ano.

Pavilhão de Portugal pronto para inauguração da Expo 2020 Dubai

AICEP

Pavilhão de Portugal está pronto para a inauguração da Expo 2020 Dubai de dia 1 de outubro.

  • Multimercado

Acordo entre El Corte Inglés e AICEP promove marcas portuguesas

AICEP

El Corte Inglés e AICEP firmam acordo para promover marcas portuguesas nos canais online.

Partilhe esta página

Campo Obrigatório