Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
21 de Junho 2021

Investimento escocês em Portugal

AICEP

Multimercado
Multisetor

A start-up tecnológica portuguesa BladeInsight (anteriormente designada Pro-Drone) anunciou um investimento pela multinacional de serviços técnicos e especializados de apoio ao setor energético Swire Energy Services (SES). O investimento levará à criação de mais de 20 postos de trabalho e à expansão internacional da empresa, que manterá a sua sede em Portugal.

“Com este investimento, a SES consolida o seu posicionamento na oferta de soluções inovadoras de automação e digitalização da operação e manutenção de turbinas eólicas e permite à start-up portuguesa duplicar o seu tamanho com novos postos de trabalho em todas as áreas”, refere a BladeInsight em comunicado.

Segundo André Moura, CEO e fundador da BladeInsight, “com este investimento, a BladeInsight reforça a capacidade de entregar valor aos seus clientes do setor eólico, oferecendo soluções de inspeção e de digitalização para otimizar a operação e manutenção de ativos onshore e offshore, de forma verdadeiramente global. Partilhamos com a Swire Energy Services valores comuns e uma visão ambiciosa para o futuro do setor eólico, em que a inovação tecnológica terá um papel fundamental”.

Já Sabine Weth, VP Offshore Wind da Swire Energy Services, revela que “este é o primeiro investimento da SES no setor eólico e é prova do compromisso e empenho do André e da sua equipa. Ficámos muito impressionados com a tecnologia desenvolvida e estamos entusiasmados por partilhar a nossa visão e estratégia para o futuro desenvolvimento da empresa com a equipa da BladeInsight”.

“Este investimento é uma oportunidade para alavancar a tecnologia de drones autónomos e de gestão de dados no desenvolvimento futuro de serviços especializados e altamente competitivos no setor eólico offshore. Enquanto parte da nossa estratégia a longo prazo promovida pela nossa empresa-mãe John Swire and Sons, a tecnologia tornar-se-á um aspeto integrante da SES no desenvolvimento de um negócio sustentável que apoia os seus clientes na transição energética”, acrescenta o responsável.

Fundada em 2015, a BladeInsight, trabalha em soluções de automação e digitalização da operação e manutenção de turbinas eólicas. Em termos acumulados, a BladeInsight já foi responsável por inspeções a cerca de 15 gigawatts (GW) de capacidade eólica, num total de mais de 20 mil pás eólicas inspecionadas, com recurso a 4 mil horas de voo dos seus drones.

Ao longo do seu percurso, a BladeInsight foi reconhecida no ecossistema nacional e internacional, tendo recebido diversos prémios, incluindo o EDP Starter, Prémio Empreendedorismo XXI BPI, Concurso Nacional de Inovação Novo Banco, The Business Booster (TBB) da EIT InnoEnergy e o Enel Green Power Award. Em 2019, foi-lhe atribuído financiamento no âmbito do EU Horizon 2020, projeto-piloto Accelerator do Conselho Europeu da Inovação, anteriormente conhecido como Instrumento para PME-Fase 2.

Partilhe esta página

Campo Obrigatório