Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
05 de Maio 2022

Hábitos de compra online de alimentos e bebidas no México

AICEP

México
Agroalimentar

Estudo promovido pela Associação Mexicana de Vendas Online (AMVO) caracteriza a evolução e o valor do e-commerce no setor agroalimentar no México, analisando os hábitos de consumo e caracterizando o consumidor, que revela uma tendência crescente pela preferência por este canal na hora de fazer as suas compras.

Em seguimento do Estudo de Vendas Online no México partilhado no dia 27 de abril, a AMVO, em parceria com a Netrica de GFK, Offerwise, Data Bunker e Digimind, a associação acaba de publicar um novo relatório específico sobre o e-commerce no setor agroalimentar, o Estudo de Vendas Online de Alimentos e Bebidas.

O efeito da pandemia no impulso dado ao e-commerce, já destacado no estudo anterior, mostrou-se também transversal ao setor agroalimentar com um total de 56 por cento dos mexicanos a efetuar compras de alimentos online e 47 por cento compra de bebidas. A maioria dos mexicanos já compra alimentos online ao invés, no que toca às bebidas a maioria ainda prefere as lojas físicas.

As principais razões para a compra online de alimentos e bebidas foram para 55 por cento dos utilizadores o facto de receber as compras diretamente em casa, enquanto 52 por cento justificaram com o tempo ganho com a deslocação à loja física e em terceiro lugar com 45 por cento, evitar aglomerações nas lojas físicas. Já as maiores preocupações dos clientes relativas à compra online foram a questão de os produtos terem ou não garantia em caso de defeito e a rapidez dos tempos de entrega.

Os principais catalisadores de compras online neste setor tendem a ser as ofertas e os envios grátis. A compra de comida preparada foi a campeã das escolhas dos consumidores sendo que a frequência de compra desta foi semanal, com 55 por cento dos utilizadores a admitir que opta por esta opção quando tem desejo de uma comida específica. No caso das bebidas há uma perceção menos impulsiva, sendo que as razões enumeradas passam por planeamento de convívios informais ou de eventos como aniversários ou datas importantes.

No tema da tecnologia e digitalização, o telemóvel continua a ser o meio preferencial de interação com as lojas digitais, sendo que no caso dos supermercados os computadores ainda têm um papel considerável. Este ano foi feito um esforço para haver uma diversificação dos métodos de pagamento e segurança na hora de realizar uma compra e por isso os métodos de pagamento preferenciais foram o cartão de débito e crédito.

Perfil de consumidor

O Estudo revela ainda que o consumidor mexicano que faz compras online de alimentos e bebidas é na sua generalidade homem, que pertence a uma classe media-alta, na faixa etária entre os 25 e os 44 anos e que vive no Estado do México (CDMX).

Novas tendências e comportamentos

Nas novas tendências e mudanças de comportamento destacam-se uma maior preocupação com uma alimentação saudável, com especial menção para uma maior predisposição para uma dieta vegan, seguido da atenção ao impacto ambiental dos produtos.

Para saber mais sobre o perfil do consumidor digital mexicano no setor agroalimentar e os seus hábitos de consumo consulte a versão pública do estudo.

Notícias AICEP

Exportações de mobiliário superam níveis pré-pandemia

AICEP

Exportações de mobiliário sobem 6 por cento no 1º trimestre de 2022 para 500 milhões de euros.

  • Multisetor

BRESIMAR MARCA PRESENÇA NA HANNOVER MESSE 2022

AICEP

Grupo BRESIMAR leva soluções nacionais com inovação de ponta à HANNOVER MESSE 2022.

  • Multisetor

Blue Talk Havana aproximou especialistas e empresas

AICEP

O evento realizou-se com sucesso e aproximou especialistas e empresas de ambos os países.

  • Multimercado

Partilhe esta página

Campo Obrigatório