Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
15 de Março 2022

Exportações de componentes automóveis aumentam 3,1 por cento

AICEP

Componentes auto

Registando uma subida de 3,1 por cento face ao mesmo mês de 2021, as exportações de componentes automóveis atingiram em janeiro os 820 milhões de euros.

De acordo com os dados da AFIA – Associação de Fabricantes para a Indústria Automóvel, as exportações de componentes automóveis situaram-se, no mês de janeiro, nos 820 milhões de euros, registando assim uma subida de 3,1 por cento face ao mesmo mês de 2021.

Ainda assim, e analisando as vendas ao exterior verifica-se que as exportações no mês de janeiro, apesar de se encontrarem acima do verificado no mês homólogo do ano passado, mantêm-se abaixo do nível desse mês em 2020 e 2019.

No que se refere ao top 5 de exportações de componentes automóveis por país, Espanha mantém-se no topo de vendas com 270 milhões de euros (+5,1 por cento), seguida da Alemanha com 161 milhões de euros (+12,7 por cento). Em terceiro lugar surge a França com um registo de 92 milhões de euros (-10,0 por cento), em quarto lugar os Estados Unidos da América com 42 milhões (+54,4 por cento) e, por último, o Reino Unido com 31 milhões de euros (-23,9 por cento). No total, estes 5 países representam 73 por cento das exportações portuguesas de componentes automóveis.

Dos resultados registados nesta altura destaca-se positivamente o comportamento das exportações para Espanha (principal cliente dos componentes automóveis fabricados em Portugal, com uma quota de 32,9 por cento) com o aumento de 5,1 por cento, a Alemanha que registou um aumento de 12,7 por cento e os EUA que se mantêm o 4º mercado cliente com um aumento de 54,4 por cento, relativamente ao mesmo período de 2021.

Por outro lado, e como pontos negativos é de salientar o facto das exportações para França terem diminuído 10 por cento em relação ao mesmo mês do ano anterior e das exportações para o Reino Unido se manterem em queda, com 23,9 por cento.

Além disso, é de referir ainda que os problemas nas cadeias de abastecimentos continuam a afetar toda a indústria automóvel com a falta de chips, componentes eletrónicos e outras matérias-primas. Esta situação tem ainda tendência a agravar-se com o recente conflito entre a Ucrânia e a Rússia.

Os cálculos da AFIA têm como base as Estatísticas do Comércio Internacional de Bens divulgadas a 11 de março pelo INE – Instituto Nacional de Estatística. 

Consulte mais informações neste ficheiro pdf. 

Notícias AICEP

Portugal Concept Store: fornecedores para Espanha e França

AICEP

Portugal Concept Store estende operações online a Espanha e França no primeiro semestre de 2022.

  • Multimercado

A AICEP opera em 55 mercados: conheça a nossa Rede Externa

AICEP

São 170 profissionais em 55 mercados. Conheça esta frente avançada de Portugal no Mundo!

Sustentabilidade: desafios e impacto no comércio internacional

AICEP

Debate sobre os desafios da sustentabilidade para as empresas de comércio internacional.

Partilhe esta página

Campo Obrigatório