Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
10 de Janeiro 2024

Exportações de componentes auto crescem 15,2 por cento

AICEP

Componentes auto

Num acumulado de 11.727 milhões de euros desde o início do ano de 2023, as exportações de componentes automóveis apresentam um crescimento de 15,2 por cento face ao mesmo período de 2022. Neste sentido e, tendo em conta o crescimento há 19 meses consecutivos, a AFIA prevê fechar o ano de 2023 com um aumento de 14 por cento relativamente a 2022.

As exportações de componentes para automóveis atingiram os 1217 milhões de euros em novembro de 2023, registando uma subida de 11 por cento face ao mesmo mês de 2022. De acordo com os dados recolhidos pela AFIA - Associação de Fabricantes para a Indústria Automóvel, este crescimento de dois dígitos representa uma subida pelo décimo nono mês consecutivo.

No acumulado até novembro as exportações de componentes para automóveis ultrapassaram os 11.700 milhões de euros, representando um acréscimo de 15,2 por cento face ao mesmo período de 2022. A AFIA estima fechar o ano de 2023 com um crescimento de 14 por cento face ao ano anterior.

Relativamente à quota das exportações de componentes para automóveis em 2023 por região, note-se que a Europa concentra 89,4 por cento das compras realizadas desde janeiro até novembro, verificando-se um aumento de 17,4 por cento relativo ao período homólogo de 2022.

Fazendo uma análise por país, Espanha continua a ser o principal destino dos componentes automóveis fabricados em Portugal, representando 27,8 por cento das exportações, seguido pela Alemanha, com 22,5 por cento. França volta a fechar o pódio com 10,6 por cento da quota.

Em relação ao top 15 de mercados clientes de Portugal, conclui-se que há um aumento nas exportações de componentes automóveis portugueses em catorze dos quinze países, continuando os Estados Unidos da América, a ser mais uma vez o único a apresentar uma queda, de 13,6 por cento na variação 22/23.

Destaca-se o crescimento superior a 40 por cento, da variação relativa a 2022, em três mercados do top 15, sendo eles, por ordem de lugar que ocupam neste top, Suécia no 12º lugar com uma variação superior a 60,8 por cento, Marrocos, no 13º lugar com um crescimento de 40,7 por cento em relação ano anterior e Áustria, que ocupa o último lugar do top 15 com uma variação relativa de 46,6 por cento.

Os cálculos da AFIA têm como base as Estatísticas do Comércio Internacional de Bens divulgadas a 9 de janeiro pelo INE – Instituto Nacional de Estatística.

Notícias AICEP

Vender online para França: o que deve saber

AICEP

Vender online para França é uma boa oportunidade de internacionalização. Conheça o mercado.

Quando fazemos o seu projeto de internacionalização online?

AICEP

Este é o momento para criar ou reforçar o projeto de internacionalização online da sua empresa.

Como vender no eBay: vantagens, custos e guia de procedimentos

AICEP

Saiba como funciona e quais as vantagens de vender no eBay.

Partilhe esta página

Campo Obrigatório