Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
22 de Agosto 2022

E-commerce em França no primeiro trimestre de 2022

AICEP

França

Segundo a Federação de comércio eletrónico e venda à distância (FEVAD), o e-commerce em França registou um crescimento de 11,8 por cento no primeiro trimestre de 2022 em relação ao período homólogo de 2021, atingindo assim 32,5 mil milhões de euros em volume de negócios.

Em termos concretos, 527 milhões de transações resultaram do comércio eletrónico nos primeiros três meses do ano corrente, um patamar acima dos 499 milhões de compras online registadas no mesmo período em 2021.

Na sequência do crescimento exponencial do mercado em plena pandemia (2020 e 2021), o comércio eletrónico apresentou um crescimento sustentado no primeiro trimestre de 2022, embora com uma tendência ligeiramente distinta: a venda de serviços recuperou face à pandemia e ultrapassou a quota-parte da venda de bens, representando, atualmente, 56 por cento do volume de negócios do e-commerce.

Esta mudança resultou, simultaneamente, da redução da venda de bens em 12 por cento e do incremento da venda de serviços em 43 por cento, ambos no primeiro trimestre de 2022. Transportes, turismo e lazer foram dos serviços mais transacionados e que mais contribuíram para esta mudança de cenário comercial com uma evolução de aproximadamente 135 por cento.

Outro elemento a reter do balanço da FEVAD é o declínio do B2C (-15 por cento) em detrimento do B2B (+19,6 por cento). A explicação mais lógica para esta mudança está justamente no impulso dado pela pandemia ao processo de digitalização do comércio interempresarial e na abertura definitiva dos pontos de venda físicos no retalho.

Determinados indicadores trimestrais apresentaram resultados igualmente positivos, nomeadamente o incremento de 14% nas vendas realizadas com o telemóvel, o crescimento de 11 por cento na criação de novos websites de cariz comercial e o progresso do montante médio gasto na compra de bens e serviços online que atingiu os 62 euros (+6 por cento face ao primeiro trimestre de 2021).

Regista-se ainda o decréscimo das vendas em marketplaces que diminuíram 9% face aos primeiros três meses do ano passado. Este valor deve ser relativizado dado que o primeiro trimestre de 2021 foi um período excecional para os marketplaces (+41 por cento face ao mesmo período de 2020). Apesar deste decréscimo expectável, as vendas em marketplaces em França no primeiro trimestre de 2022 foram 34 por cento superiores ao mesmo período de 2019.

Consulte o relatório na íntegra. .

Notícias AICEP

Empresas portuguesas no Big Science Business Forum 2022

AICEP

Nove empresas portuguesas participam no Big Science Business Forum em Granada.

  • Espanha

Maxiglobal apresenta soluções no Data Centre World em Paris

AICEP

Empresa portuguesa marca presença no evento que reúne os principais players do setor.

  • França
  • TIC

41 Empresas portuguesas participaram na MICAM

AICEP

Os empresários portugueses mostravam boas expetativas para esta exposição e o balanço revelou-…

  • Itália
  • Calçado

Partilhe esta página

Campo Obrigatório