Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
30 de Outubro 2020

Crescimento da importação alemã de vinhos portugueses

AICEP

Alemanha
Vinho

Com base nos dados da Agência Federal de Estatística, a Associação Alemã de Viticultura publicou recentemente os dados preliminares quanto à importação alemã de vinhos no período de setembro de 2019 a agosto de 2020.

Conforme estes dados, o valor da importação alemã de vinhos portugueses cresceu um por cento, atingindo 46 milhões de euros, enquanto o volume da importação baixou 6,5 por cento.

O valor total da importação alemã neste período (2,47 mil milhões de euros) recuou 2,1 por cento face ao período homólogo dos anos anteriores, o volume baixou 0,7 por cento.

Entre os 10 maiores fornecedores da Alemanha somente Portugal, França (+1,8 por cento) e os EUA (+5,1 por cento) conseguiram aumentar a sua quota.  Outros países produtores prestigiados como a Itália (-1,8 por cento), Espanha (-7,2 por cento), África do Sul (-6,8 por cento) e Chile (-9,4 por cento) tiveram que enfrentar quedas do valor dos seus fornecimentos ao mercado.  

Também é de salientar que o preço médio da importação alemã de vinhos portugueses subiu no período em análise de 252 Euros/hl para 273 Euros/hl (valor médio da importação alemã: 174 Euros/hl).

Apesar de dispor de uma indústria vitivinícola local bastante forte, a Alemanha é um dos maiores importadores mundiais de vinhos. Com uma quota de 1,9 por cento em valor e 1,2 por cento em volume, Portugal continua a ocupar o 9º lugar no ranking dos países fornecedores no mercado. 

Campo Obrigatório