Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
19 de Agosto 2021

O crescimento económico de Portugal

AICEP

Portugal

O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu, em termos reais, 15,5 por cento no segundo trimestre de 2021 face ao período homólogo, o crescimento mais elevado nas séries trimestrais disponíveis.

Os dados divulgados na estimativa rápida do Instituto Nacional de Estatística (INE) revelam ainda, que face ao trimestre anterior, Portugal apresentou um crescimento de 4,9 por cento, mais do que compensando a queda do PIB provocada pela pandemia no primeiro trimestre do ano.

Portugal atinge o nível mais alto do PIB desde o início da pandemia, o que confirma a forte retoma económica em Portugal e a perspetiva de que com o avanço da vacinação e o controlo da situação pandémica, seja possível ultrapassarmos a estimativa de crescimento de 4 por cento apresentada no Programa de Estabilidade.

Muito acima da média da Zona Euro

Tanto o crescimento homólogo, como o crescimento em cadeia, situam-se consideravelmente acima das médias da Zona Euro e da UE, sinalizando a retoma do processo de convergência interrompido durante a pandemia.

Após uma queda acima da média no primeiro trimestre (-3,2 por cento em cadeia), devido ao confinamento provocado pela pandemia, Portugal apresenta, no segundo trimestre, à data de hoje, a taxa de crescimento mais elevada (4,9 por cento) entre os países da UE, tais como Alemanha (1,5 por cento), Espanha (2,8 por cento), França (0,9 por cento) ou Itália (2,7 por cento).

Notícias AICEP

Exportações portuguesas registam crescimento

AICEP

Exportações portuguesas registam crescimento nos primeiros sete meses do ano.

Pavilhão de Portugal pronto para inauguração da Expo 2020 Dubai

AICEP

Pavilhão de Portugal está pronto para a inauguração da Expo 2020 Dubai de dia 1 de outubro.

  • Multimercado

Acordo entre El Corte Inglés e AICEP promove marcas portuguesas

AICEP

El Corte Inglés e AICEP firmam acordo para promover marcas portuguesas nos canais online.

Partilhe esta página

Campo Obrigatório