Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
29 de Maio 2020

COVID-19: Intenções de despedimento no Reino Unido

AICEP

Reino Unido

Mais de um quinto das entidades empregadoras britânicas planeia efetuar despedimentos nos próximos três meses, segundo um inquérito conduzido pela agência de recursos humanos, Chartered Institute of Personnel and Development (CIPD).

De acordo com outro relatório, elaborado pela agência de recrutamento e promoção de emprego Adecco, o número de despedimentos só não foi ainda maior porque muitas empresas recorreram a alternativas de redução de custos, tais como como o corte (parcial ou total) de prémios e suplementos salariais, e ao plano governamental de retenção laboral (Coronavirus Job Retention Scheme). O estudo revela também que as empresas sediadas em Londres e West Midlands são as que têm maiores intenções de despedimento e que as intenções de recrutamento de novo pessoal atingiram os valores mais baixos dos últimos 15 anos.

No que diz respeito aos planos de redução de pessoal, não se espera que os trabalhadores das empresas sejam atingidos transversalmente. A fundação “Resolution” deduziu que trabalhadores com níveis salariais inferiores estão mais sujeitos à perda do seu emprego ou à colocação em regime de furlough.

Os corolários deste relatório encontram-se em linha com os dados oficiais de desemprego publicados pelo Office for National Statistics, confirmando o acréscimo da taxa de desemprego no mês de março, não contabilizando, todavia, os mais de 7,5 milhões de trabalhadores furloughed, o milhão de trabalhadores por conta própria que se candidataram ao programa de apoio salarial do Governo britânico (denominado Self-Employment Income Support Scheme), e todos aqueles que acederam a um corte salarial ou no seu horário.

Andy Hardane, Economista-Chefe do Banco de Inglaterra, prevê que a taxa de desemprego nos próximos meses possa ascender a valores reportados só no início da década de 80 (quando atingiu 11,4 por cento em 1984). O economista estimou ainda, que o total da população desempregada, furloughed, ou com carga horária reduzida equivale a um valor entre “um terço e metade” de toda a população ativa britânica.

Campo Obrigatório