Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
07 de Julho 2022

Corticeira Amorim reforça reconhecimento internacional

AICEP

Rolhas de cortiça

A empresa portuguesa, premiada na categoria «Wine products industry», reforça, assim, o reconhecimento internacional dos princípios, modelos e práticas de desenvolvimento sustentável. O júri sublinhou o «contributo relevante para a descarbonização da indústria vinícola» do balanço negativo de CO2 das rolhas de cortiça.

A Corticeira Amorim, o maior grupo de transformação de cortiça do mundo, é a grande vencedora da categoria «Wine products industry» dos Prémios de Sustentabilidade da revista World Finance. Distinguida pelo quarto ano consecutivo, a empresa portuguesa é reconhecida pela promoção do montado, da biodiversidade e dos serviços dos ecossistemas, pelo fomento, suporte e investimento em Investigação & Desenvolvimento + Inovação, e pela implementação dos melhores princípios, modelos e práticas da economia circular. Premissas que resultam num alagado portfólio de produtos, soluções e tecnologias de superior performance técnica combinada sempre com credenciais de sustentabilidade sem paralelo no mercado.

Reconhecendo a necessidade de agir para descarbonizar, esta edição dos World Finance Sustainability Awards distinguiu as empresas que demonstraram verdadeiro compromisso com a redução das emissões em toda a sua cadeia de valor.

O júri deste importante galardão sublinha ainda o compromisso da empresa com a sustentabilidade alinhado com as diretrizes da Global Reporting Initiative, a associação à ação 50 Sustainability & Climate Leaders, e a certificação FSC (Forest Stewardship Council) de grande parte das suas unidades de transformação. A eficiência energética, a gestão responsável de fornecimentos e o impacto ambiental positivo do produto foram outras mais valias determinantes para a distinção. Valorizados igualmente a promoção da formação, segurança e bem-estar, bem como o desenvolvimento social, pessoal e profissional, de todos os colaboradores e colaboradoras da Corticeira Amorim.

Destaque também para «a proposta de valor de longo prazo da Corticeira Amorim, a emissão de obrigações verdes no valor de 40 milhões de euros, o investimento contínuo em Investigação & Desenvolvimento + Inovação, 10 milhões de euros/ano, e a estratégia de sustentabilidade assente nos pilares ambiental, social e económico». O júri dos Prémios de Sustentabilidade da revista World Finance enalteceu igualmente o balanço negativo de CO2 das rolhas de cortiça da Corticeira Amorim, produtos que têm um contributo «relevante para a descarbonização da indústria vinícola». Começando pelas rolhas de cortiça naturais, passando pelas rolhas para espumosos, pelas rolhas microaglomeradas e pelas rolhas bartop, todas as famílias sem exceção de produtos da Amorim Cork, Unidade de Negócio Rolhas da Corticeira Amorim, estão agora certificadas com uma declaração do seu balanço de carbono negativo. Uma vantagem competitiva significativa face à concorrência que consolida o compromisso da empresa de ser a primeira escolha para os clientes preocupados quer com os fatores de qualidade e desempenho, quer com o fator sustentabilidade.

O presidente e CEO da Corticeira Amorim, António Rios de Amorim, manifesta uma grande "satisfação com esta reiterada distinção da World Finance. Este prémio reforça um conjunto alargado de responsabilidades que encaramos com grande determinação e otimismo. Refiro-me à gestão eficiente de recursos, à proteção dos ecossistemas, ao combate ao desperdício, ao consumo sustentável, à circularidade de processos, às políticas de desenvolvimento e de empowerment das nossas pessoas."

Todos os vencedores dos prémios World Finance Sustainability são anunciados no website da World Finance  e na edição impressa da revista World Finance Summer 2022.

Notícias AICEP

Europeus gastam mais de 340 euros por mês no e-commerce

AICEP

Maioria dos europeus faz várias compras e pagamentos online por semana.

Vender na China: como chegar ao maior mercado de e-commerce do…

AICEP

Conheça os marketplaces mais apetecíveis e as razões pelas quais deve ponderar vender na China.

Cortiça portuguesa entra nos novos 100% elétricos Renault

AICEP

Cortiça nos materiais escolhidos para aumentar durabilidade e sustentabilidade dos automóveis.

  • Componentes auto

Partilhe esta página

Campo Obrigatório