Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
18 de Julho 2022

Clynx apresenta solução de saúde digital em Glasglow

AICEP

Reino Unido
Multisetor

Na 44ª Conferência Internacional de Engenharia em Medicina e Biologia, realizada em Glasgow, entre 11 e 15 de julho, a Clynx apresentou um estudo da eficácia de um novo sistema de telerehabilitação gamificada, em que os pacientes se exercitam dentro de uma experiência de jogo digital.

Gonçalo Chambel,  co-founder e chief technology officer da Clynx, rumou até Glasgow para participar na 44ª Conferência Internacional de Engenharia em Medicina e Biologia onde apresentou o Estudo “Effectiveness of a Gamified and Home-Based Approach for Upper-limb Rehabilitation”.

A Clynx nasceu da ideia de trazer um impacto positivo na Fisioterapia, ao transformá-la numa experiência mais agradável, motivadora e que permitisse ao Fisioterapeuta um acompanhamento permanente do progresso dos seus pacientes, através de uma solução de Saúde Digital.

Neste trabalho, a Clynx estudou a eficácia de um novo sistema de telerehabilitação gamificada, em que os pacientes se exercitam dentro de uma experiência de jogo digital, com o seu movimento rastreado utilizando um paradigma "invisível" de fácil utilização, ou seja, sem necessidade de sensor colocado no corpo, podendo desta forma recolher e analisar dados sobre dor e satisfação. Esta abordagem revelou-se particularmente relevante durante as fases agudas da pandemia, durante as quais os pacientes sofreram restrições severas no acesso a atividades de reabilitação presencial, mas o sucesso da abordagem fez com que, no regresso à “normalidade”, a solução esteja a ser cada vez mais adotada.

Os dados presentes neste estudo, apresentado numa sessão dedicada ao tema da Reabilitação, validam os resultados clínicos e a qualidade dos cuidados de saúde percebida pelos pacientes na utilização da abordagem em telerreabilitação para condições relacionadas com o ombro, e são encorajadores para utilização em campos de reabilitação física adicionais.

Além disso, a comodidade, flexibilidade horária e a customização beneficiam a experiência de tratamento e a satisfação do paciente, uma vez que lhes permite poupar tempo e custos de transporte, pela realização de sessões de reabilitação a partir de casa. Tendo desta forma também benefícios socioeconómicos, através da diminuição de utilização de carros ou transportes que por sua vez se transforma numa redução da emissão de C02 e da Pegada Ecológica.

Notícias AICEP

Europeus gastam mais de 340 euros por mês no e-commerce

AICEP

Maioria dos europeus faz várias compras e pagamentos online por semana.

Vender na China: como chegar ao maior mercado de e-commerce do…

AICEP

Conheça os marketplaces mais apetecíveis e as razões pelas quais deve ponderar vender na China.

Cortiça portuguesa entra nos novos 100% elétricos Renault

AICEP

Cortiça nos materiais escolhidos para aumentar durabilidade e sustentabilidade dos automóveis.

  • Componentes auto

Partilhe esta página

Campo Obrigatório