Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
26 de Julho 2022

Amazon propõe acabar com algumas práticas no seu marketplace

AICEP

A Amazon está a reduzir o número de produtos que vende sob a alçada das suas marcas próprias, após vendas fracas e pressão dos reguladores, por estes considerarem que a Amazon tem práticas anticompetitivas e propõe acabar com algumas práticas no seu marketplace.

Os produtos que são vendidos pela Amazon, sob marcas como Amazon Basics, Rivet e Solimo, abrangem uma variedade de categorias, desde móveis, roupa a suplementos, englobando mais de 200.000 produtos, mas representando apenas 1 por cento das vendas.

Para a Amazon, esta linha de negócio tem sido um fator de grande crítica nos últimos anos e está também a prejudicar a perceção da marca no mercado.

Com efeito, a empresa tem sido acusada de usar dados das vendas de marcas para a criação dos seus produtos de marca própria, ajudando assim as suas marcas a competir com as marcas que tem no seu marketplace. Esta prática está a ser objeto de investigações pelos reguladores nos EUA e na Europa.

O New York Times avançou que a empresa prometeu à Comissão Europeia parar de recolher dados não públicos sobre o desempenho das marcas e produtos com os quais concorre, como parte de uma série de concessões propostas pela Amazon na esperança de encerrar uma longa investigação de práticas anti concorrenciais que poderia envolver uma multa de até 10 por cento da sua faturação, se fosse considerada culpada de violar as regras da União Europeia (e não adotasse medidas de correção), de acordo com o regulamento Digital Markets Act que irá entrar em vigor este ano.

A alteração deste posicionamento parece criar maior interesse e oportunidade para as marcas portuguesas, que já revelaram preocupação quanto a estas práticas que os faziam ter receio de estar neste marketplace.

Notícias AICEP

AICEP: 15 anos a fazer Crescer as Exportações

AICEP

A AICEP celebra 15 anos de atividade. Uma década e meia a mexer o ponteiro da economia nacional.

Inovação portuguesa conquista mercado da automação industrial

AICEP

Introsys é uma empresa portuguesa com projetos implementados em 16 países.

Amazon vai abrir loja online para a Bélgica

AICEP

Nova loja cria oportunidade para empresas portuguesas venderem online para o mercado belga.

  • Amazon

Partilhe esta página

Campo Obrigatório