Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
15 de Janeiro 2024
Amazon Business: que oportunidades tem para o comércio B2B

Artigo AICEP

O Amazon Business tem, logo à partida, um motivo para chamar a atenção de empresas interessadas no comércio eletrónico B2B internacional: o facto de se apresentar como a versão empresarial do maior marketplace do mundo. 

Para quem já conhece as vantagens de vender na Amazon, a possibilidade de o fazer de uma forma profissional para empresas de todo o mundo parece promissora. 

Afinal, como funciona e quais são as possibilidades oferecidas por este marketplace? Conheça as regras, custos e ferramentas disponíveis no Amazon Business.  

O que é o Amazon Business?

O Amazon Business é, no fundo, uma Amazon que também vende para empresas. Oferece às empresas a possibilidade de beneficiar das soluções que esta plataforma disponibiliza a quem compra e vende na versão B2C. Assim, é possível tirar partido de ferramentas e soluções logísticas criadas e geridas por uma empresa que lidera o ranking dos marketplaces a nível mundial.

Com um potencial de milhões de clientes a nível global, esta plataforma garante ter soluções para empresas de todos os tipos e dimensões, desde organizações incluídas na lista Fortune 500 até aos vendedores que fabricam produtos manualmente. 

Quais as vantagens de vender no Amazon Business?

A maior vantagem deste marketplace B2B é que coloca a sua empresa numa montra com milhões de potenciais clientes, já que todos os produtos vão ser vistos pelos segmentos B2B e B2C. Ou seja, poderá vender também a clientes finais. No entanto, como veremos, pode criar preços especiais para empresas. 

Além disso, o Amazon Business oferece um conjunto de ferramentas úteis para que possa desenvolver e proteger a sua marca, bem como opções de publicidade e recomendações para aumentar a visibilidade e as vendas.  

Vamos conhecer algumas das opções disponibilizadas pelo Amazon Business. 

Seller Central

Poderá aceder ao Seller Central assim que se registe como vendedor. A partir daí terá acesso a este recurso que permite fazer a gestão da sua conta, adicionando informações sobre produtos, atualizando inventários, gerindo pagamentos e descobrindo conteúdo útil para melhorar os seus negócios na plataforma. 

App Amazon Seller

Mesmo em viagem pode gerir a sua conta no Amazon Business a partir de um dispositivo móvel. A app, disponível para iPhone e Android, permite analisar vendas, processar pedidos, encontrar produtos para venda, gerir as ofertas e o inventário, responder às dúvidas dos clientes, tirar e editar fotos de produtos e criar ofertas. 

Anúncios 

As soluções de publicidade da Amazon publicam o anúncio na primeira página de resultados de pesquisa ou em páginas de detalhes de produto, o que permite chegar tanto a clientes que estão a comprar como aos que ainda estão na fase de comparação de produtos.

Existem três formas de publicidade: 

  • Produtos patrocinados: anúncios para ofertas de produtos individuais na Amazon, que aparecem nas páginas de resultados da pesquisa e nas páginas de detalhes do produto; 
  • Marcas patrocinadas: surgem em resultados de pesquisa e incluem o logótipo da marca, um título personalizado e até três produtos;
  • Lojas da Amazon: permitem que as marcas partilhem a sua história e ofertas de produtos. 

Promoções e cupões 

Há três tipos de promoções: descontos, envios grátis ou "compre um, leve outro grátis". Tem igualmente a possibilidade de oferecer descontos com cupões numéricos. 

Logística para exportação 

Tem a possibilidade de fazer os envios para mais de 100 países usando a logística da Amazon.  

Registo de Marcas

Ao inscrever-se no Registo de Marcas pode personalizar as páginas da sua marca e dos seus produtos e proteger as suas marcas no universo Amazon.

Este registo não tem custos adicionais e permite-lhe controlar as páginas de detalhes do produto que utilizam o nome da sua marca. Passa também a aceder a opções adicionais de publicidade e recomendações para melhorar o tráfego e as taxas de conversão.

O Amazon Brand Registry é um serviço complementar ao registo legal da marca. Para utilizarem este serviço as empresas portuguesas devem ser detentoras de um registo de marca comunitário, um registo de marca internacional ou um registo de marca nacional num dos países de domínio da Amazon (Espanha, França, Alemanha, etc). 

Geração automática de faturas

O Amazon Business disponibiliza soluções de faturação que permitem criar e emitir faturas com IVA ou recibos para os colaboradores comerciais isentos de IVA. Esta ferramenta não tem qualquer custo adicional e dá acesso a relatórios detalhados.  

Configuração de preços

A configuração de preços para empresas e descontos por quantidades pode ser automatizada, facilitando as vendas em B2B. 

Os clientes podem indicar o número de unidades que pretendem comprar e, mediante essas quantidades, têm a possibilidade de responder a essas solicitações com uma oferta com desconto.

O Amazon Business tem igualmente um serviço de cálculo de IVA que está incluído no preço de publicação e permite mostrar os preços sem IVA.  

Produtos recomendados

Os relatórios detalhados, que indicam os produtos com uma grande procura, permitem aumentar as vendas. Estes relatórios são elaborados tendo em conta tendências de compra e produtos encomendados pelos clientes do Amazon Business.

Como vender no Amazon Business? 

O primeiro passo para começar a vender no Amazon Business será registar-se como vendedor, passando a beneficiar das ferramentas especializadas para alcançar empresas. 

Para se registar deve fornecer as informações da sua conta bancária, um cartão de crédito para pagamento, um documento de identidade nacional válido, informações fiscais e um número de telefone. 
 
O Amazon Business tem dois planos: o Individual (0,75£ por produto vendido) e o Profissional, que custa 25£ por mês, independentemente do número de produtos vendidos. 

A qualquer momento pode alterar a sua opção, mas é importante ter em conta que só no Plano Profissional pode aceder a ferramentas avançadas do Seller Central. Um vendedor individual não pode integrar o seu catálogo, não pode ver relatórios da empresa nem ativar promoções ou campanhas de produtos patrocinados.

Depois de fazer o registo, deve carregar o seu catálogo de produtos (pode carregar em lotes ou um de cada vez). 

A terceira etapa é a automatização da faturação com IVA. Agora que tem tudo pronto para começar a vender, é importante começar a usar as ferramentas para monitorizar o desempenho da sua página e adaptar as ofertas às necessidades das empresas. Neste ebook da Amazon pode encontrar o passo para começar a vender nesta plataforma, bem como as repostas para algumas perguntas frequentes. 

Como funciona o processo de venda?

Para começar a vender deve associar o produto a uma oferta existente (caso alguém já esteja a vender o mesmo produto na Amazon) ou criar uma nova oferta (se for o primeiro ou o único vendedor). 

Enquanto Vendedor Profissional tem a possibilidade de publicar os seus produtos em grandes lotes através do carregamento em massa. 

Para que os seus produtos sejam publicados, tem de preencher campos como título do produto, descrição do produto e lista de características, termos de pesquisa e palavras-chave relevantes, carregando igualmente imagens com boa resolução (500 x 500 píxeis ou 1000 x 1000 para ofertas de alta qualidade e sobre um fundo branco). 

Tenha em atenção que os títulos devem descritivos e as características descritas de forma a que os clientes possam encontrar facilmente os seus artigos. Se vários vendedores oferecem o mesmo produto, a Amazon combina os dados de todas as ofertas numa só página de detalhes de produto, pelo que é importante que a sua marca se possa diferenciar da concorrência. 

O que deve ter em conta

Nas chamadas categorias de produto restritas (por exemplo certos alimentos), a Amazon poderá exigir verificações de desempenho, taxas adicionais e outras qualificações para autorizar a venda. O objetivo é garantir a segurança dos consumidores.

No que respeita ao envio, existem duas opções. Poderá manter o seu próprio inventário e enviar produtos diretamente aos clientes, ou colocar os produtos num dos armazéns da Amazon, que se encarregará da respetiva embalagem, etiquetagem e envio através da sua Logística. Neste último caso, também beneficia de apoio ao cliente e devoluções geridos pela plataforma. 

A Amazon não presta serviços no despacho alfandegário ou de desalfandegamento pelo que, estando em causa vendas para países extracomunitários, as empresa portuguesas devem conhecer antecipadamente quais os procedimentos e formalidades exigidas pelos mercados de destino, que variam consoante o produto e o mercado, a fim de evitar que os produtos fiquem retidos nas alfândegas desses países. Para o efeito, antes da conclusão de qualquer negócio, basta consultar “O Meu Assistente Comercial” do Access2Markets, da Comissão Europeia.

Para vender no Amazon Business também é importante ter em conta que os vendedores desta plataforma devem cumprir os chamados indicadores de rendimento. Ou seja: 

  • A percentagem de pedidos com defeito deve ser inferior a 1%;
  • O rácio de cancelamento antes do envio não pode ultrapassar os 2,5%; 
  • O rácio de envios atrasados tem de ser inferior a 4%. 

A evolução destes indicadores pode ser acompanhada na Seller Central. É igualmente importante ter em conta que as avaliações feitas pelos clientes são determinantes para o seu sucesso nesta plataforma.

Como é que a AICEP pode ajudar?

Se vai começar ou pretende reforçar a estratégia de internacionalização da sua empresa através do e-commerce, a AICEP pode dar-lhe um apoio precioso em todas as etapas deste processo. O primeiro passo é contactar-nos: pode fazê-lo através do registo na nossa área de cliente MY AICEP, por telefone ou email. Juntos, podemos traçar um projeto de internacionalização online e identificar ações estratégicas para expandir o seu negócio para outros mercados.

Veja também:

Exportação de vinhos: como conquistar o mercado online

7 dicas para vender num marketplace

Tipos de marketplaces e as suas propostas de valor

Notícias AICEP
Como maximizar as vendas online internacionais com o Chat GPT?

AICEP

Usar o Chat GPT no e-commerce pode ajudar a alavancar as suas vendas online. Saiba como.

Incoterms®2020: qual a sua importância na exportação?

AICEP

Os Incoterms®2020 dão segurança jurídica à sua atividade exportadora. Saiba como.

Reputação online: sabe o que dizem os seus clientes?

AICEP

Uma boa reputação online transmite segurança e confiança aos consumidores.

Partilhe esta página

Campo Obrigatório