Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
08 de Novembro 2021

AM Experience Group: Sucesso além-fronteiras do entretenimento

AICEP

O AM Experience Group nasceu em 2001 em Braga, onde mantém a sede e o armazém da empresa. O fundador Pedro Martins agarrou-se aos seus sonhos e à confiança inabalável de que conseguiria vencer, trabalhando em vários tipos de eventos. Não demorou até conquistar a confiança de muitos clientes, sobretudo na área dos Centros Comerciais. Em 2002, já necessitava de um armazém e, em 2004, a empresa instalava a primeira pista de gelo no Fórum Algarve.

A área de iluminação e decoração de Natal arrancou em 2008 com a montagem da primeira ilha de animação no Alegro Montijo. Cinco anos depois, o AM Experience Group criou o espetáculo musical “O Quebra-Nozes no Gelo”, dando início à produção de espetáculos musicais no gelo. Passados dois anos, os musicais criados pela produtora do grupo, a AM Live, começaram a ser apresentados ao público lisboeta no Alegro Alfragide. Em 2016, a “Árvore dos Abraços”, criada pelo AM Illumination & Arts para os Armazéns do Chiado, conquistou o troféu “Solal Marketing Award – Silver Campaign”, atribuído pelo International Council of Shopping Centers.

Composto por uma equipa de 35 pessoas, que na época de Natal, período mais forte de atividade, chega a 100 pessoas, o grupo pretende criar um ecossistema que estimule o talento para desenvolver e criar as melhores experiências emocionais de entretenimento à escala global.

Os principais objetivos do AM Experience Group são o desenvolvimento de um ecossistema baseado numa cultura colaborativa, onde a criatividade e a inovação são o estado de espírito, e onde nada é impossível; o desenvolvimento do talento - formação, treino e coaching realizados pela University of the Arts London; a estruturação da ação da organização dentro de um modelo colaborativo, que monitoriza o processo, trabalhando em rede e privilegiando modelos sustentáveis; a progressiva digitalização dos produtos/serviços; e o aprofundamento da simbiose entre produtos/serviços e produtos/serviços digital e físico.

Leia o artigo na íntegra na revista Portugalglobal.

Notícias AICEP

E-commerce no setor agroalimentar: porquê e como

AICEP

Informação que lhe explica o porquê do crescimento do e-commerce agroalimentar e como começar.

  • Multisetor

Crescimento do PIB português em 2021

AICEP

Entre janeiro e setembro de 2021, o PIB português registou um crescimento de 4,3 por cento.

  • Portugal

Vender fruta online para a Alemanha? É possível com estes…

AICEP

Conheça os melhores mercados digitais para exportar fruta online para a Alemanha.

  • Multimercado
  • Agroalimentar

Partilhe esta página

Campo Obrigatório