Passar para o conteúdo principal
Campo Obrigatório
06 de Novembro 2020

AICEP lança estudo de mercado sobre Rochas Ornamentais na Rússia

AICEP

Rússia
Multisetor

O estudo "Mercado de Rochas Ornamentais na Rússia" está disponível na MY AICEP e inclui análise do consumo, análise da concorrência local e internacional no mercado, canais de distribuição e regime regulamentar para importação de Rochas Ornamentais, entre outros temas de interesse para empresas do setor.

A Rússia foi, nos últimos anos, anfitriã dos maiores eventos desportivos internacionais, como os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, o Campeonato do Mundo de Hóquei no Gelo de 2016, a Taça das Confederações de 2017 e o Campeonato do Mundo de Futebol de 2018, o que contribuiu para a entrada de gigantescos investimentos no setor da construção civil e obras públicas durante os respetivos períodos de preparação. Terminados estes eventos, o setor regressou à normalidade.

Apesar das dificuldades económicas do país desde 2014, o setor da construção tem sido um dos mais estáveis e dinâmicos da economia russa. Segundo a Agência Federal de Estatística - Rosstat, em 2018, a participação da construção no PIB foi de 5,7 por cento, ocupando o 6º lugar na estrutura do PIB da Rússia.

Dados divulgados pela Rosstat referem que, no primeiro semestre de 2019, a área construída total na Rússia aumentou 4,7 por cento em termos homólogos, somando 50,9 milhões de m2. O crescimento no segmento residencial foi de 4,5 por cento e de 5,6 por cento no não residencial. Segundo a mesma fonte, a construção civil em Moscovo cresceu acima da média nacional e, no primeiro semestre de 2019, a área total construída na cidade aumentou 150 por cento em termos homólogos, somando 5,5 milhões de m2. O maior crescimento ocorreu no segmento residencial – 230 por cento –, sobretudo em prédios de apartamentos. A construção de edifícios não residenciais também aumentou (1,6 por cento), com destaque para os comerciais, industriais e administrativos. A dinamização por parte do Governo dos designados “Projetos Nacionais”, aos quais foram afetados mais de 25 biliões de rublos (cerca de 350 mil milhões de euros) e, em particular, do programa “Habitação e Ambiente Urbano”, são um novo estímulo para o setor da construção e vão dinamizar a promoção imobiliária, a arquitetura, engenharia, materiais de construção, gestão de projetos e serviços associados.

A execução do projeto de renovação do parque habitacional de Moscovo e a construção de novas zonas residenciais na área da Grande Moscovo vão também impulsionar o crescimento do mercado a médio prazo, esperando-se igualmente o ressurgimento do segmento não habitacional, sobretudo devido aos investimentos nos sistemas da educação e da saúde.

É importante referir que, de acordo com o International Trade Centre, em 2019, a Rússia foi o 15º importador mundial de rochas ornamentais, com aquisições ao exterior no montante de 143,8 milhões de euros, o que corresponde a 2,2 por cento das importações mundiais destes produtos. De acordo com a mesma fonte, Portugal é o 7º maior exportador mundial de rochas ornamentais e o 10º fornecedor destes produtos à Rússia, com uma quota de 2,7 por cento, correspondente a 3,9 milhões de euros. Por outro lado, em 2019, a Rússia foi o 20º cliente de rochas ornamentais portuguesas.

Conheça o mercado de Rochas Ornamentais na Rússia em detalhe e inicie ou reforce as exportações para o país. Pode aceder ao estudo no MY AICEP, nova área reservada da AICEP para empresas em internacionalização, registando-se aqui.

Campo Obrigatório